Ruínas da Segunda Guerra em Berlim: onde ficam e o que eram

Berlim, uma cidade única

Uma experiência que só Berlim pode oferecer é a de permitir que você veja como ela era, como ela ficou depois da Segunda Guerra, e como ela teve a capacidade de se reconstruir.

Através das ruínas da Segunda Guerra ainda presentes na cidade, você pode perceber um pouco disso.

ruínas da segunda guerra berlim

Ruínas da Segunda Guerra

É sem dúvida uma das experiências mais únicas que se pode ter numa viagem à Europa.

Vislumbrar a possibilidade de uma grande cidade ressurgir das cinzas, de seus habitantes reorganizarem suas vidas e a liberdade mais uma vez triunfar, é o que torna Berlim tão especial.

E se você quiser ler um pouco sobre como ficou o estado de Berlim e da Alemanha depois da Guerra, dá olhada nesses dois posts aí embaixo.

Berlim, 1945: a paz não começa com o fim da guerra (parte 1)

Berlim, 1945: a paz não começa com o fim da guerra (parte 2)

Grande e recentes mudanças

Berlim é uma cidade que só começa a poder se reconstruir plenamente a partir de 1990.

Sim a Segunda Guerra acabou em 1945, mas até 1990 Berlim era uma cidade dividida. A Berlim Ocidental era um território da Alemanha Ocidental completamente dentro da Alemanha Oriental (Ou DDR, Deutsche Demokratische Republik).

Dos anos 90 pra cá muito investimento entrou na cidade. Milhares de prédios foram construídos e renovados.

A capital do país voltou ser Berlim. Sim, pra quem não sabe, a capital da antiga Alemanha Ocidental era Bonn.

Os prédios ficaram mais bonitos, onde antes havia terrenos baldios hoje são hoteis, moradias e shoppings.

Ao mesmo tempo, com o aumento populacional, chegando ao aumento de 50.000 moradores novos por ano, veio também a valorização dos imóveis e o encarecimento dos alugúeis.

E com tudo isso, claro, os incentivos para a construção de mais imóveis só aumenta.

Daí que você já não vai achar um monte de ruínas da Segunda Guerra para todo lado, principalmente no centro de Berlim.

Mas ainda há algumas. Bem no centro. São lugares interessantes de serem visitados por aqueles que gostam de ter uma confirmação visual causada pela Segunda Guerra.

Aqui eu listei aqueles pontos mais relevantes e mais centrais daqui de Berlim. Nada que você tenha que se meter no meio de uma floresta, fugir de cães e de guardas pra visitar um prédio com uma história macabra.

Vamos lá…

Ruínas da Segunda Guerra em Berlim

Anhalter Bahnhof

Essa era a Anhalter Bahnhof, uma estação de trem que já foi a maior da Alemanha (e até da Europa!) no final do século XIX.
Na década de 1930, saía daqui um trem a cada minuto.

Nos planos da Germania, do arquiteto nazista Albert Speer, a Anhalter Bahnhof se transformaria em uma grande piscina.

Os planos de construção de uma grande cidade nazista não foram adiante (graças a Deus!), mas os bombardeios dos aliados destruíram grande parte da estação.
Hoje ela está em ruínas. Você a encontra ao sul da Potsdamer Platz.

 

Endereço: Askanischer Pl. 6, 10963 Berlin

A Anhalter Bahnhof é ainda hoje uma estação de S Bahn, mas subterrânea.

Gedächtniskirche

igreja da memória berlim ruinas da segunda guerra

A Gedächtniskirche (igreja da memória) antes dos bombardeios

 

A Gedächtniskirche foi construída no finalzinho do século XIX pelo Guilherme II, último imperador alemão e último rei da Prússia.

A palavra Gedächtniskirche significa igreja da memória. A igreja tem esse nome porque ela foi construída em memória do Guilherme I, avô do Guilherme I.

Durante a Segunda Guerra, toda a vizinhança do edifício foi fortemente bombardeada, o que vitimou também a bela igreja.

igreja da memoria ruinas da segunda guerra berlim

Igreja da Memória como está hoje

Endereço: Breitscheidplatz, 10789 Berlin

A Igreja da Memória fica na rota dos ônibus 100 e 200, as linhas que passam pelos principais pontos turísticos da cidade.

Potsdamer Platz

Na década de 20, a Potsdamer Platz era um dos centros da vida cultural berlinense.

Nessa época, a Potsdamer Platz já possuía U e S-Bahn e 26 linhas de bonde e 5 linhas de ônibus –  era a praça com o maior tráfego da Europa. Mais de 20.000 carros cruzavam a praça diariamente, e cerca de 83 mil viajantes chegavam na estação de trem daqui.

Junto a grandes hotéis e a vida social em bailes e festas, a Potsdamer Platz era um local de prazer e diversão burguesa.

Porém, durante a segunda guerra, a praça foi quase que completamente destruída, sobrando apenas a casa de Vinhos Huth e ruínas do Hotel Esplanade no ano de 1945.

ruinas da segunda guerra berlim

Ruínas do antigo hotel Esplanade, um dos mais chiques da cidade. Hoje, lá dentro, funciona um belo restaurante austríaco.

Você pode ler mais sobre a Potsdamer Platz nos posts abaixo:

Potsdamer Platz – Início

Potsdamer Platz e o muro de Berlim

Hospedagem em Berlim: dicas de onde ficar – uma das regiões mencionadas é exatamente a Potsdamer Platz, por conta dos bons e novos hoteis que ficam nas redondezas da praça.

A praça talvez seja hoje o melhor lugar de Berlim para ver a capacidade de reconstrução da cidade.

 

potsdamer platz berlim

A Potsdamer Platz foi completamente destruída na Guerra e hoje olha como ela tá…

Mosteiro Franciscano (Franziskaner-Klosterkirche)

Foi um mosteiro ainda dos anos 1200 da ordem dos Franciscanos, mas deixou de funcionar como tal  a partir da Reforma Protestante, que foi introduzida em Berlim em 1539.

(Eu tenho um post bem completo sobre Wittenberg, o berço da Reforma e cidade de Lutero)

Logo depois, em 1574, um Ginásio começou suas atividades no local. Algumas figuras ilustres da história berlinense frequentaram o ginásio, como o Otto von Bismarck, que, no século XIX, ficou conhecido pela unificação alemã e levou a fama de chanceler de ferro.

Outro famoso membro da escola foi Friedrich Schinkel, um dos maiores arquitetos de Berlim, que construiu, entre outros, o prédio da Neue Wache, e o da Johanniskirche e o Altes Museum.

Ao longo dos séculos ele foi sujeito a uma série de reformas até que foi fortemente bombardeado no final da Guerra.

Hoje é possível visitar a ruína da Segunda Guerra por dentro. Há uma exposição de esculturas.

Endereço: Klosterstrasse 73A

Pontos Extras

Não são exatamente ruínas da Segunda Guerra, mas são locais que guardam, em suas estruturas, memórias daquele evento.

Por isso coloquei aqui para aqueles leitores mais entusiastas do assunto.

A rua Grosse Hamburger Strasse no bairro judeu

É uma região de Berlim que ainda carrega muita memória em seus edifícios. Em alguns prédios da  Grosse Hamburger Strasse você ainda pode ver marcas de bala e de estilhaços de bombas.

Eu fiz um post indicando vários pontos do antigo bairro judeu, inclusive da Grosse Hamburger Strasse.

Bairro judeu: um passeio pelo antigo bairro no coração de Berlim

ruínas da segunda guerra

Marcas que a segunda guerra mundial deixaram na cidade

 

ruinas da segunda guerra berlim

Pode até tocar nas marcas da guerra

Cemitério judeu da Schönhauser Allee

Ruínas da segunda guerra cemiterio judeu berlim

Cemitério judeu da Schönhauser Allee parcialmente em ruínas

O cemitério judeu da Schönhauser Allee foi construído em 1827, quando a população judaica de Berlim crescia rapidamente.

Muitas pessoas de destaque estão enterradas nesse cemitério.

Infelizmente ele sofreu severos danos durante a segunda guerra e o nazismo.

Escrevi um post bem completo sobre ele aqui no blog:

Cemitério judeu da Schönhauser Allee

Neues Museum

Esse é um ponto bem central, na ilha dos museus. A fachada no Neues Museum é repleta de remendos. E foram deixados propositalmente, como memória da destruição causada na Segunda Guerra.

neues museum berlim

A foto tá de longe, não é a ideal, mas s você olhar em cima das colunas à esquerda, poderá ver que algumas partes são amareladas (novas) e outras pretas (antigas). Se aproximando ali, dá pra ver a fachada cheia de remendos.

 

Espero que tenha curtido o post e que ele tenha te ajudado a montar sua visita a Berlim.

🙂

Quem sou eu: Pacelli

Economista, mas apaixonado por filosofia, literatura, história e alta cultura, resolvi estudar os temas que aprecio em casa. Sempre procuro incluir essas temáticas nos meus posts sobre Berlim e Alemanha que você encontra por aqui.


Vale a pena comprar antecipadamente:


Que tal conhecer Berlim com a gente?

Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


Não nos perca de vista! 

Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! :)


Compartilhe o nosso trabalho:

Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... :)

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.