Nadando no rio Spree

Rio Spree em Moabit

Rio Spree em Moabit

Com o calor que faz no Brasil (ou até mesmo aqui durante os dois dias de verão) a ideia de nadar num rio geladinho parece irresistível. Os Berlinenses do início do século XIX também achavam.

Ernst von Pfuel

Ernst von Pfuel

Em quase todo o rio Spree já era, assim como é hoje, proibido nadar. Mas um famoso General Prussiano teve a ideia de abrir um curso de natação no ano de 1817 e aí a proibição caiu, ao menos nessa pequena parte.

O nobre General Ernst Von Pfuel achava que se o ser humano imitasse um sapo, conseguiria dominar a arte da natação. Inicialmente o curso servia para recrutas do exército e depois para homens no geral.

O sucesso em Berlim foi enorme, várias pessoas se inscreviam para tirar o “Diplom der Schwimmkunst”, o diploma das artes da natação. O teste consistia em ir e voltar de uma margem até a outra do rio, nadando, claro, como um sapo.

O rio Spree no século XIX

O rio Spree no século XIX

Mas aí as mulheres também queriam poder nadar no Spree geladinho.

Então Amalie Lutze abriu, em 1831, um curso para, como estava escrita a propaganda nos jornais da época, as mais honradas damas.

O sucesso das aulas de natação no Spree foi grande por quase todo o século XIX. A compositora Fanny Hensel escreveu para o seu famoso irmão, Mendelssohn Bartholdy (aquele da marcha nupcial), descrevendo a delícia que era nadar no Spree.

Hoje no local estão o Ministério do interior e o restaurante Barco

Hoje no local estão o Ministério do interior e o restaurante Barco

Como chegar

Para chegar lá você pode pegar tanto o ônibus TXL quanto o 245 e descer na parada da Alt-Moabit. Se preferir, pode pegar um S-Bahn e descer em Bellevue.

Nós também montamos um passeio pelo bairro de Moabit e ensinamos aqui o passo-a-passo para você explorar o bairro.

Nadando hoje no rio Spree

E pra quem ficou com vontade de nadar no Spree no meio da capital, está havendo uma discussão na cidade pra abrir uma parte do rio entre o Bodemuseum e a Schlossbrücke (basicamente na Ilha dos Museus). Quem sabe ainda nadaremos no Spree dentro de Berlim, como no século XIX.

Uma alternativa não tão natural é a Badeschiff, piscina pública dentro do rio Spree. Uma programação típica berlinense para os dias de calor. Escrevemos sobre ela aqui.

Se você quiser receber nossos posts completinhos em seu e-mail,

E se tiver afim de ler um pouco mais sobre pontos alternativos na cidade de Berlim, dá uma navegada por aqui.

Precisando de um guia brasileiro em Berlim?

Dá uma olhada no que a gente pode ajudar e entra em contato com a gente!

Berlim, por quem mora e é apaixonado pela cidade.

Quem sou eu: Pacelli

Economista, mas apaixonado por filosofia, literatura, história e alta cultura, resolvi estudar os temas que aprecio em casa. Sempre procuro incluir essas temáticas nos meus posts sobre Berlim e Alemanha que você encontra por aqui.


Vale a pena comprar antecipadamente:


Que tal conhecer Berlim com a gente?

Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


Não nos perca de vista! 

Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! :)


Compartilhe o nosso trabalho:

Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... :)

5
2

2 Comments

  1. Milena 08/02/2015 Reply

    Oi Pacelli!

    Assim como você eu sou apaixonada por viagens, por isso comecei essa semana um blog contando minha experiência. Moro na Alemanha há 3 anos e por isso já pude viajar muito por aqui.

    Espero que você goste 🙂

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.