1 dia em Lisboa: o que fazer em uma conexão longa na cidade

Pôr-do-sol sobre a bela Lisboa

Pôr-do-sol sobre a bela Lisboa

Por conta da limitada oferta de voos da TAP, eu tive que passar 1 dia em Lisboa. A princípio um pouco contrariada com a notícia da longa conexão, logo descobri uma linda cidade.

E, olha, vale até pagar mais por um tempo de conexão prolongado que permita um passeio (mesmo que apressado) pela capital portuguesa. Sem falar que eu deixo tudo facinho pra vocês aqui.

Do aeroporto ao centro

O aeroporto de Lisboa possui uma estação de metrô bem na saída, a linha é a linha vermelha.

Chegando na estação, é possível comprar os tickets nas máquinas (com moedas ou cédulas de euro ou cartão) ou também num guichê.

Eu comprei na máquina e foi bem fácil: primeiro você compra um cartão do metrô, o qual você pode usar por tantos anos e é recarregável. Ele custa 50 centavos de euro. E então você escolhe o tipo de ticket que quer comprar. Eu optei pelo ticket diário, que dá direito a 24h na cidade, já que iria voar apenas no dia seguinte. Custou 6 euros.

Comprado o cartão de transporte, vá com a linha vermelha (direção S. Sebastião) até a estação Alameda. Lá, troque para a linha verde em direção a Cais do Sodré e desça lá mesmo.

Primeira parada: Belém

Lá do Cais do Sodré você tem duas opções: pode passear pela área, que vale ser explorada, ou pode logo pegar um trem (comboio), ônibus (autocarro) ou bonde (elétrico) para Belém. Eu fiquei com essa segunda opção, dado que já era perto de meio-dia e eu estava louca para provar os famosos pasteizinhos de Belém.

Vale a pena experimentar os famosos pastéis de Belém

Vale a pena experimentar os famosos pastéis de Belém

Com o bonde (ou como chamam em Portugal: elétrico) 15E em direção a Algés (Jardim), você desce lá em Belém, bem na frente da famosa pastelaria. Esqueci de anotar o nome da parada, mas é uma depois da para de nome “Belém”, mas não se preocupe, você também vai perceber o movimento.

Lá em Belém não há apenas pastéis deliciosos, o belíssimo Mosteiro dos Jerônimos, o Padrão dos descobrimentos e a torre de Belém também valem a viagem.

Mosteiro dos Jerônimos

Mosteiro dos Jerônimos

Fachada da Igreja do complexo do Mosteiro dos Jerônimos

Fachada da Igreja do complexo do Mosteiro dos Jerônimos

Interior da Igreja

Interior da Igreja

Por conta do sol forte (e o fato de que eu estava apenas com o celular), não consegui tirar fotos decentes da Torre de Belém e do Padrão dos Descobrimentos. Mas é fácil de você identificar: ambos ficam na orla, você vê quando atravessa a grande praça em frente ao Mosteiro.

Segunda parada: região do Cais e Praça do Comércio

Com o próprio elétrico 15, voltei de Belém – já encantada – até o Cais do Sodré novamente. Agora iria explorar a região: fui ao Mercado da Ribeira, maravilhoso mercado gastronômico, moderno e cool, com boxes de vários restaurantes.

Mercado da Ribeira

Mercado da Ribeira

Caminhando, chega-se à famosa Praça do Comércio. Enorme e suntuosa, a praça também oferece uma ótima vista para o rio Tejo.

Orla na Praça do Comércio

Orla na Praça do Comércio

Praça do Comércio

Praça do Comércio

Terceira parada: bairros da Alfama e da Graça

Na outra ponta da praça do comércio (na direção contrária ao rio), você encontra a parada do elétrico 28E, um bonde tradicional de Lisboa. Ele é todo histórico, dá até medo de andar nele… mas utilizá-lo não é só uma experiência interessante, como bastante útil, pois o bonde 28E vai te levar lá em cima, aos miradouros e ao castelo medieval.

Elétrico típico

Elétrico típico

Neste momento você tem duas opções: pode sair do bonde na catedral da Sé e ir subindo (foi o que, por inexperiência, eu fiz e não recomendo) ou pode subir com o elétrico 28E até a Igreja da Graça e o Largo da graça, apreciar a vista para a cidade e para o castelo, e ir descendo por conta própria (para descer todo santo ajuda né).

Catedral da Sé

Catedral da Sé

Seja qualquer uma das opções que você escolher, você vai se deparar com miradouros, igrejas e um castelo medieval. Além do mais, vai passar pelo típico bairro da Alfama, com suas casinhas e becos sinuosos.

Já próximo à Sé, você encontra o Miradouro das Portas do Sol, com uma bela vista da Igreja de São Vicente de Fora, do bairro da Alfama e do rio Tejo.

Vista do Miradouro

Vista do Miradouro das Portas do Sol

O castelo medieval é o Castelo de São Jorge, que data do século XI e está impressionantemente conservado. Eu decidi entrar no castelo por volta das 17h, quando poderia explorá-lo e depois apreciar o pôr-do-sol de uma de suas belas vistas.

Jardim Romântico dentro do Castelo

Jardim Romântico dentro do Castelo

Castelo de São Jorge

Castelo de São Jorge

Vista que eu escolhi para assistir ao pôr-do-sol no castelo

Vista que eu escolhi para assistir ao pôr-do-sol no castelo

Só posso recomendar a visita, você pode explorar cada cantinho do castelo. O ingresso custou 8,50. Mas se sua intenção também é ver o pôr-do-sol de lá, lembre-se que o horário varia de acordo com a época do ano.

Última parada: Chiado e Bairro Alto

Depois de ser expulsa pelos seguranças do castelo (às 18h eles começaram a expulsar todo mundo de lá), fui com o ônibus 737 até a Praça da Figueira.

Fui caminhando e passando pela área, em direção ao Rossio, uma praça com uma bela fonte, o histórico Teatro D. Maria e uma belíssima estação.

Estação do Rossio

Estação do Rossio

Rossio

Rossio

Desci até o Largo do Carmo e vi o famoso Elevador de Santa Justa, que data do século XIX. Caminhei pelo Largo do Chiado até a Praça Luís de Camões. É um caminho bem intuitivo, você vai seguindo o fluxo de pessoas.

Movimento do Chiado ao Bairro Alto

Movimento do Chiado ao Bairro Alto

Pouco antes da Praça Luís de Camões, no Largo do Chiado, você encontra o famoso Café A Brasileira, com uma estátua de Fernando Pessoa na frente. Ele frequentava o local, que tem esse nome por trazer cafés brasileiros à capital portuguesa.

Café A Brasileira

Café A Brasileira

A partir daí, é noite e você está no foco da agitação. Se quer procurar bares bem frequentados, suba mais um pouco para o Bairro Alto e aproveite!

Se tiver indo a Lisboa, compre seus ingressos antecipados aqui e escape das filas!

E reserva teu hotel no Booking.com, através do nosso link. Assim ganhamos uma pequena comissão, sem que altere o preço que você paga por isso, claro. É uma forma de você suportar o nosso blog. 😉

Se você quer ver outros roteiros de 1 dia, dá uma olhada também nos nossos posts em Dresden e em Quedlinburg!

Procurando por um guia brasileiro em Berlim?

Dá uma olhada no nosso informativoentra em contato com a gente!

Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

Parceria com o Booking

Agora estamos com novos parceiros, se você reservar seu hotel pelo nosso link do Booking.com, você recebe um ótimo serviço com atendimento em português e nós ainda recebemos uma pequena comissão (sem que você pague a mais por isso). Salva o nosso link aí nos teus favoritos, assim você pode usar sempre (não precisa ser para Berlim)!

 

Parceria com a GetYourGuide

GetyourGuide Agenda Berlim

Além da parceria com o Booking.com, temos também uma parceria com a GetYourGuide. A GetYourGuide é uma empresa alemã, segura e confiável, que oferece tickets para as mais variadas atrações no mundo todo. Se você quer escapar das filas e ainda ajudar a gente a manter o blog, utiliza o nosso link de afiliado que a gente ganha uma pequena comissão a cada ticket comprado.

Berlim, por quem mora e é apaixonado pela cidade.

Quem sou eu: Nicole

Desde os 3 anos fiz da leitura a minha melhor aliada. Mas diferente de Pacelli, de vez em quando preciso dar uma pausa nos livros de filosofia, história e política e partir para ler um romance. Por gostar de escrever de forma didática, sou responsável pela maior parte dos posts práticos aqui do blog.


Vale a pena comprar antecipadamente:


Que tal conhecer Berlim com a gente?

Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


Não nos perca de vista! 

Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! :)


Compartilhe o nosso trabalho:

Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... :)

10
19

19 Comments

  1. Elayne 11/02/2015 Reply

    Excelente post, me fez voltar no tempo qd há 2 anos atrás passei uns dias nessa cidade fantástica !! Fiquei hospedada no chiado e achei o melhor lugar pra ficar sem dúvida , perto de toda agitação , bem central . Parabéns pelo excelente resumo do q se fazer em apenas 1 dia.

    • Author
      Nicole 11/02/2015 Reply

      Obrigada, Elayne! Fico feliz que você apareça por aqui e aprecie nossos posts 😉
      Deve ser maravilhoso ficar hospedada no Chiado! Como eu tinha pouquíssimo tempo e vôo no outro dia cedo, decidi ficar hospedada em Moscavide, pertinho do aeroporto. De qualquer forma, pretendo voltar a Lisboa em breve. A cidade merece mais dias!

  2. Anita 11/02/2015 Reply

    Adoro os seus Posts! Tudo bem resumido e explicado. Super dicas, obrigada!

    • Author
      Nicole 11/02/2015 Reply

      Fico muito feliz em ler comentários como o seu, Anita! Obrigada e vem sempre por aqui! 😉

  3. Mirela Augusto 12/02/2015 Reply

    Mto legal o blog e as dicas! Conhecerei a Europa em abril. Passarei pela Alemanha, Portugal e outros países. Ñ vejo a hora. Bjs.

  4. Ricardo Soares 23/02/2015 Reply

    Lisboa é mto legal. Me bateu saudades lendo esse artigo. O Brasil tem mta coisa parecida c/ Portugal. Abç

  5. Ane Luvisari 08/09/2016 Reply

    Excelente dicas! Adorei o blog!
    Farei um pit stop rapido em Lisboa (Chego no sabado as 20:00 e parto no domingo as 16:30) o que vc me indica pra fazer?
    Obrigada!
    Ah,lembrando que no voo de ida fui a Belem, Mosteiro dos descobrimentos e redondezas)

    Super beijo!!!!

    • Author
      Nicole 08/09/2016 Reply

      Olá, Ane, obrigada!
      Olha, se você já foi em Belém, faz da segunda parada em diante, como recomendo aqui no post 🙂
      Você também pode dar uma olhada lá no pessoal do Cultuga, eles tem várias dicas e são inclusive guias na cidade!
      Beijo e bom passeio, Lisboa é demais!

  6. Stella 13/01/2017 Reply

    Excelente post. E em relação ao horário de ficar na rua, os perigos e a atenção que devemos ter por lá?

    • Stella 13/01/2017 Reply

      Esqueci também de perguntar a respeito da indicação de hotel.

    • Author
      Nicole 19/01/2017 Reply

      Oi Stella, Lisboa é uma cidade bem tranquila, pode caminhar nas ruas tranquilamente à noite. 😉

  7. DIEGO 06/06/2018 Reply

    Ola Nicole, td bem..
    Tb vou fazer uma conexão em Lisboa de 1 dia, pergunto, as bagagens despachadas ficam no aeroporto ou temos que carrega-la em Lisboa?

    Desde ja obrigado, e parabens pelo blog.

    • Author
      Nicole 24/06/2018 Reply

      Oi, Diego! Se a sua conexão é programada pela própria companhia (ou seja, você não comprou os vôos separadamente), as malas vão ficar lá no aeroporto, você não precisa retirá-las – apenas no seu destino final.
      Boa viagem!

  8. Gabi 18/07/2018 Reply

    Olá!Meu voo chega as 10:30 da manhã em Lisboa e parte as 06:30 da manhã do dia seguinte para o destino final. É possível fazer esse roteiro de 1 dia contando com possíveis atrasos na imigração por ser alta temporada? Agradeço muito a ajuda!

    • Author
      Nicole 19/07/2018 Reply

      Oi Gabi!! Não sei como estão os atrasos na imigração, mas eu fiz o roteiro todo iniciando apenas por volta do meio-dia. 🙂

  9. Ariane 08/12/2018 Reply

    Oi, Nicole! Seu post era tudo o que eu precisava!

    Vou ter uma conexão em Lisboa e no dia seguinte pego o vôo cedinho (8:30). Como você fez para ir ao aeroporto saindo e quanto tempo demorou? Eu queria ir de metrô, mas li que só abre 6:30, então não é possível.

    Obrigada!

    • Author
      Nicole 20/12/2018 Reply

      Olá, Ariane!! Fui de ônibus, mas não lembro mais… fiquei em um airbnb próximo ao aeroporto e por onde passava esse ônibus justamente por isso.
      Dá uma pesquisada em ônibus! Abraços e boa viagem.

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.