Comida alemã em Berlim: os nossos restaurantes e pratos preferidos

Restaurantes alemães e algo mais

Aqui você não vai encontrar uma enorme lista de restaurantes de comida alemã em Berlim. Você vai encontrar algo muito melhor.

Neste post, quero apresentar a vocês aqueles restaurantes que, ao longo de quase 6 anos, fomos testando e aprovando. São aqueles locais para os quais levamos os nossos amigos e familiares quando eles vêm nos visitar.

Comida alemã em Berlim - Augustiner - AgendaBerlim

Quando a família de Nicole nos visitava, comemoramos o aniversário do meu cunhado em um dos restaurantes que vou indicar aqui.

Os meus pais mal pisam na cidade e já me perguntam quando vamos neles. Tá entendendo o que eu quero dizer?

São restaurantes que servem comida alemã, mas também são locais especiais pra gente. Eles possuem uma atmosfera legal e sintetizam a experiência da culinária alemã que gostamos que nossos amigos, familiares e clientes tenham.

E não pára por aí.

Todas as indicações de restaurantes virão com sugestões de caminhadas. Até porque eu estou falando de comida alemã tradicional. E uma caminhada depois é tão essencial quanto a cerveja que acompanha.

Então vamos lá:


Restaurantes de comida alemã em Berlim


Augustiner am Gendarmenmarkt

Comida alemã em Berlim - Augustiner Foto Lucas Reis

O restaurante Augustiner por nosso amigo Lucas Reis

Se você for nesse restaurante terá uma boa chance de nos encontrar pessoalmente.

Levamos muitos dos nossos visitantes lá e os garçons já nos reconhecem. Apesar de ficar num lugar bem turístico, é um restaurante bem frequentado por alemães.

Eles têm, além de excelentes cervejas da casa, pratos com preços justos. O meu favorito do menu fixo é o Rindgulasch com Spätzle.

Gulasch é na verdade um típico prato húngaro, mas introduzido na culinária de países de língua alemã já há bastante tempo.

Esse prato consiste basicamente em carne bovina longamente cozida na cerveja preta (da casa!) e temperada com páprica. Delícia.

Já o Spätzle é um tipo de massa típica do estado de Baden-Württemberg, no sul da Alemanha. O Spätzle e o Gulasch, nesse prato, parecem que nasceram um para o outro.

Nicole postou esse prato já há um tempão no instagram do blog (segue a gente por lá, tem fotos todos os dias).

E o ambiente do restaurante é bem legal, com várias fotos da Berlim do pré-guerra.

Há o risco de num sábado, durante o horário de almoço, você não conseguir mesa. Por isso é sempre bom reservar.

A dica de caminhada nos arredores do Augustiner é fácil.

É só perambular pela praça Gendarmenmarkt admirando a beleza das Catedrais Francesa e Alemã, além da Casa de Concertos neoclássica projetada por Schinkel entre as duas igrejas.

Linha U2 Stadtmitte ou U6 Französischer Strasse; o Menu deles você vê aqui.

O endereço é Charlottenstraße 55.


Zur Letzten Instanz

Esse restaurante é bem orgulhoso de sua história, já que foi visitado por Napoleão e Charlie Chaplin, só para nomear os dois mais ilustres.

É também o mais antigo da cidade.

Na minha opinião, ele fica num local muito privilegiado, bem calmo, relativamente isolado, mas ainda assim no centro. E o mais importante, ao lado das ruínas das antigas muralhas de Berlim.

Portanto, depois de se empanturrar com o joelho de porco que eu vou sugerir, faça a pesada e lenta digestão caminhando pelos resquícios de muralha.

É uma viagem no tempo principalmente para aqueles com mais imaginação.

O melhor prato para pedir lá é o joelho de porco mesmo. O joelho assado. O nome do prato é Einstweilige Verfügung.

É um pedação de porco assado com repolho roxo e um tipo de purê em bola cozido dentro de um tecido (é gostoso, vai por mim).

Além desse prato maravilhoso, que vai te deixar sem fome até o próximo dia, o ambiente do restaurante lembra um cenário de filme antigo.

Bom apetite e boa caminhada depois.


Eu aconselharia reservar antes, costuma encher fácil. Você pode fazer isso online no site deles.

O Zur Letzten Instanz fica próximo da estação de U2 Klosterstrasse, na Parochialstrasse com a Weisenstrasse. As antigas muralhas ficam na Weisenstrasse mesmo. Olhando para o restaurante de frente, fica logo do lado direito.

Aqui você acessa o menu em inglês; não tem os preços. Atualmente, a média de preços está em 15/17 euros. Ah, e fica no joelho de porco (Grillhaxe ou Eisbein) mesmo, vai por mim.

O endereço é Waisenstraße 14-16.


Restaurant Sophieneck

restaurante alemao comida alema

Café e restaurante Sophieneck

Esse restaurante tem todo o estilo dos mais tradicionais e populares de Berlim. Fica no coração do antigo bairro judeu, num prédio lindo, de esquina.

É um lugar onde você encontra, de fato, algumas pessoas falando outras línguas que não o alemão. Mas, nas vezes que nós fomos, vimos que a grande maioria dos frequentadores são nativos.

A comida é simples, mas muito gostosa. A comida alemã mais tradicional não tem lá grandes requintes, mas bem feita é uma delícia.

Nosso prato preferido no Sophieneck é o Boulette. O Boulette é uma espécie de almôndega grande, temperada bem típica de Berlim.

Há algumas opções de acompanhamentos. Nós indicamos a salada de batata com pedacinhos de bacon.

restaurantes alemaes berlim

O Boulette do Sophieneck é muito bom!

Legal também é que eles têm uma boa variedade de cervejas. Tanto as mais comuns, Pilsen, quanto uma Ale e uma Stout.

E para fazer a digestão, fica o convite de passear tanto pela Grosse HAmburger Strasse, rua do restaurante repleta de pontos ligados à história judaica de Berlim, quanto pela Oranienburger Strasse, vendo a fachada da Nova Sinagoga e o prédio do antigo Tacheles, assim como o Monbijoupark.

O endereço é Große Hamburger Str. 37.


Bom, esses são os restaurantes que, por enquanto, merecem um lugar aqui nesta nossa lista. Claro que ao longo dos próximos anos espero aumentá-la.

Se você seguir as nossas dicas, conta aqui pra gente como foi a sua experiência!

E se você conhece outro restaurante especial de comida alemã em Berlim, conta pra gente. Quem sabe ele também não acaba entrando na nossa lista de locais preferidos?

Até a próxima!

Clica aqui para outras dicas de restaurantes em Berlim.

Quem sou eu: Pacelli

Economista, mas apaixonado por filosofia, literatura, história e alta cultura, resolvi estudar os temas que aprecio em casa. Sempre procuro incluir essas temáticas nos meus posts sobre Berlim e Alemanha que você encontra por aqui.


Vale a pena comprar antecipadamente:


Que tal conhecer Berlim com a gente?

Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


Não nos perca de vista! 

Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! :)


Compartilhe o nosso trabalho:

Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... :)

16
6

6 Comments

  1. Ana 06/05/2017 Reply

    Achei a bisteca com purê do Pratergarten maravilhosa. A melhor coisa que comi na Alemanha. Merece muito a visita de vcs.

    • Nicole 27/05/2017 Reply

      Obrigada pela sugestão, Ana!
      Conhecemos o Pratergarten, mas nunca provamos a bisteca. Coloquei aqui na nossa agenda! 😀
      Abraços!

  2. Luis 11/05/2017 Reply

    O Gambrinus trifft Bacchus ainda funciona? O google diz que o lugar está permanentemente fechado. Pesquisei página no facebook, mas parece que as últimas publicações são de 2015.

    • Nicole 18/05/2017 Reply

      Infelizmente não tá mais aberto, não sei se é temporário ou permanente… vou atualizar aqui!! Valeu o toque 😉

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.