Home Arredores de Berlim Como ir de Berlim a Dresden e o que fazer por lá

Como ir de Berlim a Dresden e o que fazer por lá

279
55
Eu na bela Dresden
Dresden: a pérola do leste alemão

Como ir de Berlim a Dresden

Para aqueles que passam uns dias a mais aqui em Berlim, vale a pena investir em um bate-volta na pérola do leste alemão. Há várias opções para o trecho Berlin – Dresden – Berlin. Eu já utilizei boa parte delas e acho que cada uma tem seus benefícios.

Trem: custa um pouco mais caro, mas a viagem é confortável e um pouco mais rápida (veja aqui como comprar as passagens!);

Aqui você pode ver quanto custaria pela Deutsche Bahn:
berlin hbf-dresden hbf

Carona: custa em torno de 15 euros por trecho (a regra é de 5 euros a cada 100km) e é uma experiência interessante para aqueles que querem conhecer novas pessoas (entretanto nem sempre será o caso) ou que querem resolver a viagem de forma espontânea (os preços não mudam) – veja aqui como combinar a carona aqui na Alemanha;

Ônibus: acho que é a minha forma preferida, porque é barato, eficiente e mais confortável do que a carona. A última vez que fui foi pela FlixBus (temos um post sobre viagens de ônibus na Europa aqui.

Mesmo que você só tenha tempo para fazer um bate-volta, você conseguirá ver quase todos os pontos importantes da cidade. Se você tiver a oportunidade de dormir por lá, melhor ainda! Assim você pode escolher algumas exposições ou museus especiais para visitar, como a Gemäldegalerie do Palácio Zwinger, ou a Grünes Gewölbe do Residenzschloss.


Hotéis em Dresden: nossas dicas para ficar bem localizado

Caso você vá dormir em Dresden, recomendo ficar direto na Altstadt para aproveitar bem o centro histórico da cidade.

Seguem nossas recomendações de hotéis bons e bem localizados:


Roteiro para um bate-volta de Berlim a Dresden

De Berlim a Dresden: comece pelos belos prédios Semperoper e Zwinger

Na estação central (Hauptbahnhof), onde vocês provavelmente irão chegar, peguem o bonde número 8 em direção a Hellerau ou o número 9 em direção a Kaditz e desçam na parada Theaterplatz.

Vocês estarão em frente à Semperoper, a casa de ópera de Dresden.

Construída no século XIX pelo arquiteto Semper. A ópera é muito conhecida por sua arquitetura e acústica. Semper projetou também um teatro em Viena e no Rio de Janeiro, só o de Viena chegou a ser construído.

Semperoper - Ópera em Dresden
Semperoper – Ópera em Dresden

À esquerda de vocês estará uma das alas do Palácio Zwinger – esta foi construída no século XIX também por Semper. Entrem no pátio do Palácio!

As demais alas são do século XVIII, do arquiteto Pöpelmann. Quem quis construir este palácio foi o Rei Augusto II “O forte” – rei da Saxônia e da Polônia e que morava em Dresden.

Subam pela escada à direita de vocês e caminhem pela galeria até embaixo da coroa dourada sustentada por 4 águias polonesas. Desçam pelo outro lado e saiam aí por baixo.

De Berlim a Dresden: palácio Zwinger
Pátio do Palácio Zwinger
De Berlim a Dresden: palácio Zwinger
Vista pela galeria do Palácio Zwinger
De Berlim a Dresden: Palácio Zwinger
Saída lateral do Palácio Zwinger

Na saída há sinos de porcelana de Meissen no portão.

De Berlim a Dresden: Palácio Zwinger
Os sinos de porcelana de Meissen

Ao sair, vocês irão se deparar com o Taschenbergpalais, hoje é um hotel de luxo, mas foi construído por Augusto “O forte” para sua amante, a Condessa de Taschenberg.

Vão reto pela rua do Taschenbergpalais.

De Berlim a Dresden: Palácio Taschenbergpalais
Taschenbergpalais

De Berlim a Dresden: vá até o Altmarkt

Indo reto pela rua do Taschenbergpalais, vocês vão ver o Palácio da Cultura (Kulturpalast).

Por trás dele está o Mercado Antigo (Altmarkt), de onde vocês podem ver a Kreuzkirche (antiga Igreja de São Nicolau) e a Nova Prefeitura. Se tiverem tempo, podem ir lá.

De Berlim a Dresden: Palácio da Cultura
Palácio da Cultura e seu painel comunista
De Berlim a Dresden: Palácio Altmarkt
Entre o Neumarkt e o Altmarkt. O Palácio da Cultura à esq. e a Frauenkirche ao fundo
De Berlim a Dresden: altmarkt
O Altmarkt e a Kreuzkirche ao fundo

De Berlim a Dresden: o belíssimo Neumarkt

Se não tiverem muito tempo, dobrem à esquerda na Schloßstraße (a rua lateral do Palácio da Cultura) e depois dobrem à direita na Jüdenhof para chegar ao Mercado Novo (Neumarkt), onde está a bela Frauenkirche (Igreja de Nossa Senhora).

Ela foi construída no séc XVIII pela população de Dresden que, revoltada porque seu rei Augusto II “O forte” converteu-se ao catolicismo para tornar-se rei da Polônia, achou necessária a construção de um grande templo protestante no centro da cidade.

De Berlim a Dresden: Frauenkirche
A Frauenkirche no Neumarkt

A cúpula foi projetada de madeira, devido aos escassos recursos disponíveis, mas terminou por ser construída de pedra após uma doação do então Rei Augusto III (filho de Augusto “O forte”). Apesar de católico, Augusto III achou por bem financiar parte da Frauenkirche.

A cidade foi severamente bombardeada em fevereiro de 45 e as ruínas da igreja ficaram ali até 93, quando começaram a ser catalogadas para sua reconstrução. Hoje, 45% da igreja é original. Tentem entrar! A entrada é pelo portão do lado esquerdo.

De Berlim a Dresden: Frauenkirche
A Frauenkirche é belíssima também por dentro
De Berlim a Dresden: Frauenkirche
A Frauenkiche em Dresden

À esquerda da Igreja de Nossa Senhora, do outro lado da praça, vocês verão o Johanneum, onde era o estábulo real.

Continuem pela esquerda na praça e entrem na Augustusstraße. Vocês vão ver logo do lado esquerdo da rua um painel de azulejo. É o chamado Fürstenzug e ilustra os mais de mil anos da dinastia dos Wettin reinando na Saxônia.

De Berlim a Dresden: Fürstenzug
O Fürstenzug – Painel de azulejos de Meissen retratando a dinastia Wettin

O painel é de azulejo de Meissen e sobreviveu às duas guerras mundiais inteirinho.

Ele é de 1906 – 30 anos antes havia sido feito na pedra, mas já apresentava sinais do tempo e então foi substituído em 1906 pelo de azulejo de Meissen – que é este que vocês estão vendo na foto acima.

De Berlim a Dresden: Georgentor e Residenzschloss – belos exemplos renascentistas

Andem pela rua e vocês sairão no Georgentor, portão construído no século XVI pelo rei George “O barbudo” para limitar a cidade. Seu palácio fica aí dentro.

De Berlim a Dresden: Georgentor e Catedral
Vista de quem sai da Augustusstr.: à esq. o Georgentor, à dir. a Catedral Católica
De Berlim a Dresden: Portão Georgentor
O Portão Georgentor
De Berlim a Dresden: Portão Georgentor Detalhe
Detalhe do Portão Georgentor

Atravessando o portão pelo lado esquerdo – ainda no meio do portão – tem uma entrada para o que é a parte de trás de onde se encontra o Fürstenzug. É onde fica o pátio de torneios mais antigo da Europa, do século XVI.

De Berlim a Dresden: pátio de torneios
Antigo pátio de torneios

Já pelo lado direito do portão, depois de atravessá-lo, vocês podem entrar à direita e espiar o Residenzschloss, palácio real até a construção do Zwinger por Augusto “O forte”.

De Berlim a Dresden: Residenzschloss
O Residenzschloss (onde fica a exposição Grünes Gewölbe)

De Berlim a Dresden: A Catedral Católica

Voltem ao portão e vão até a beira do rio. Perto do rio, olhando para o portão, do lado direito vocês verão a Catedral católica construída por Augusto III como igreja oficial da monarquia.

O povo, que era protestante desde o séc XVI, não curtiu muito a ideia da nova igreja católica (e muito menos do fato que anos atrás Augusto II “O forte” havia se convertido ao catolicismo só para poder ser rei da Polônia).

De Berlim a Dresden: A Catedral Católica, construída por Augusto III
A Catedral Católica, construída por Augusto III

Os sinos da igreja não tinham autorização para tocar, pois o Parlamento da cidade não permitiu. Tocaram pela primeira vez em 1806, quando Napoleão invadiu a cidade e mandou tocar os sinos.

A cripta do rei Augusto II “O forte” está em Cracóvia, mas seu coração foi enviado a Dresden. Diz a lenda que seu coração ainda bate forte toda vez que uma mulher bonita passa por ele.

De Berlim a Dresden: veja a cidade em cima do Brühlsche Terrasse

Vão agora em direção ao rio e caminhem um pouco pelo terraço do lado direito. Admirem a paisagem!

Goethe já descreveu o Brühlsche Terrasse como o terraço com a vista mais bonita da Europa!

De Berlim a Dresden: Augustusbrücke
Vista da Augustusbrücke a partir do Brühlsche Terrasse
De Berlim a Dresden: Brühlsche Gasse vista do Brühlsche Terrasse
Brühlsche Gasse vista do Brühlsche Terrasse

Não tem nem como não concordar com o título de “pérola do leste alemão”, não é?!

Todo esse centro antigo de Dresden era patrimônio da Unesco, mas a cidade perdeu o título por construir uma ponte que – de acordo com a Unesco – descaracterizava o centro histórico.

A ponte fica mais ao leste, dá para vê-la ao fundo se você caminhar todo o Brühlsche Terrasse e subir num parque de estátuas que tem ao final. É uma ponte moderna com um arco bem alto.

Espero que vocês tenham gostado do nosso passeio, aproveitem o roteiro para conhecer essa cidade linda pessoalmente!

E para você que quer entrar mais na história da cidade e conhecê-la com mais detalhes, nós fazemos passeios bate-volta para Dresden a partir de Berlim – tudo de acordo com o seu perfil e só com o seu grupo.

Entra em contato com a gente para saber mais e agendar o seu passeio bate-volta de Berlim a Dresden!

    Seu nome

    Seu e-mail (obrigatório)

    Quando você gostaria de fazer o passeio?

    Quantas pessoas serão?

    Sua mensagem

    Berlim a Dresden: passeio guiado
    Terei o maior prazer em acompanhar vocês por essa linda cidade! 🙂

    Vale a pena comprar antecipadamente:


    Que tal conhecer Berlim com a gente?

    Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

    Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

    Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


    Não nos perca de vista! 

    Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

    Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


    Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

    Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

    Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

    Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

    Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

    A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! :)


    Compartilhe o nosso trabalho:

    Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

    Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... :)

    55 COMMENTS

    1. Oi Nicole, tudo bem?

      Bem legal o seu post! Eu vou para Berlin no fim do ano, e de lá vou para Praga passando por Dresden. Minha idéia é chegar de ônibus em Dresden pela manhã e já partir a noite, você acha possível? Sabe me informar como faço para ir de Dresden para Praga de ônibus? Posso comprar as passagens antecipadamente?

      Muito obrigado pela ajuda!

      • Oi Gustavo! Que bom que você curtiu, fico feliz!
        Olha… pra você que vai de Berlim a Praga e quer parar em Dresden, tem uma dica especial: pela Deutsche Bahn (nosso post aqui) você pode comprar Berlim-Praga e, como o trem passa por Dresden, você adiciona a opção de fazer um stopover lá. Essa parada pode durar até 48h e não modifica o preço da passagem!! Não é maravilhoso? rs Vale bem mais a pena do que pegar ônibus para cada um dos trechos.
        De qualquer forma, se você quiser ir de ônibus, indico o site BusLinienSuche para a busca.
        Abraços! Espero ter ajudado!

        • Nicole,

          E esse stopover em Dresden, se for pra irmos pra Praga no mesmo dia, a estação de trem tem guarda-volumes para malas grandes?

          Grato e parabéns pela blog!

          • Olá Filipe, na estação tem aqueles armários pequenos, médios e grandes. Eu diria que uma mala normalmente grande cabe sim, no máximo vocês teriam que ter um armário para cada mala – mas também custam cerca de 5 ou 6 euros por dia, nada muito absurdo. Só não leva uma mala enorme, pra garantir. 😉

    2. Nao deixem de visitar o Deutsches Hygiene-Museum Dresden, pouco conhecido do turista, mas uma pérola rara http://www.dhmd.de
      Lá a gente ve em algumas horas (se quiser olhar tudo detalhadamente vai precisar de 3 dias) a história do ser humano, desde os sentimentos, passando pelo contato sexual até as modernidades dos tempos atuais. E isso tudo com interatividades que cada um pode experimentar a vontade. Nao se alegrem tao cedo, contato sexual excluído rsrsrs
      Descobrimos o museu por acaso, numa rua lateral, e já decidimos que a próxima viagem a Dresden será só para visitá-lo com mais calma. Vale a pena, é uma visita à vida em seus mínimos detalhes.

      Endereco e localizacao: http://dhmd.de/index.php?id=37

      • Obrigada pela dica, Maglu! Eu já tinha visto que realmente vale a pena visitá-lo… mas no roteiro de um bate-volta não dá pra entrar. Tem que ser pra quando pelo menos dormir 1 noite lá 😉

    3. Olá! Amei o site de voces! Tem muitas dicas e tem sido muito útil pro mês que passarei em Berlim.
      Se desse, gostaria muito de um post (ou um comentário haha)sobre como ir de Berlim a Praga.
      Muito obrigada

      • haahah já fomos a Praga três vezes e nunca fizemos um post, precisamos mesmo fazer, Vanessa! 🙂
        Obrigada pelo pedido. Para você, podemos dizer que a melhor forma é ir de trem e ainda fazer um stopover em Dresden, sem custo adicional!
        Abraços

    4. Nicole, descobri seu blog por acaso e gostaria de te fazer algumas perguntas, pode ser? Vamos lá então:

      1- Vou à Berlim no início de Novembro. Sei que o Outono aí não é igual aqui no Rio, faz muito frio, mas tem chance de nevar ou pode chover muito nesta época?

      2- O “Bus 100”, já até imprimi o roteiro que ele faz, mas é naquele esquema sobe e desce a medida que agente quer ou não, se eu descer umas quatro ou cinco vezes eu pago quatro ou cinco passagens?

      3- Quanto a hospedagem, qual seria a área para eu me hospedar onde eu conseguisse fazer o maior número de coisas a pé mesmo? Existe esta possibilidade ou é impossível?

      4- Qual bate-volta que mais vale a pena: Berlim x Poltzdan ou Berlim x Dresden?

      5- Quero ir até a desconhecida cidade Alemã, que se confude com a sua homônima famosa Frankfurt ODER, para de lá atravessar a fronteira até Slubice, você acha que vale a pena? Quero ir mesmo só para poder atravessar uma fronteira a pé, sabe mania de brasileiro maluco? rss

      Se puder me responder e me ajudar eu te agradeço.

    5. Oi Nicole, parabéns pelo seu site, quanto tempo você acha que dá para conhecer a cidade. Passar a manhã vale a pena, chegando às 9 saindo às 13?

      Obrigado!

      • Dá pra fazer esse percurso em uma manhã sim. Normalmente recomendamos pelo menos um dia (cerca de umas 7h, 8h)… mas se você só tiver esse período, já vale a pena.

    6. Nicole, tudo bem? Gostaria de saber quanto tempo demoro para percorrer tudo isso?
      Obrigada! E parabéns pelo site

      • Depende da sua velocidade e interesse nos pontos (se você vai entrar em algum museu ou igreja, se vai parar em alguma loja, etc). Pode ser o percurso pode ser feito entre 3h e até 6h.
        Abraços

    7. Olá Nicole
      Adorei o post!
      Você trabalha como guia em Berlim ou tem alguém para indicar?
      Estou indo em fevereiro e gostaria de arrumar alguém.
      Desde já agradeço!
      Att
      Monica

    8. Dicas anotadas! Uma duvida: vou para Dresden um domingo e passo a noite. Será que vai estar muito “morto”? meu medo é nao achar restaurantes e atracoes fechadas. E saio segunda de manhã, pois estou apreensiva com os protestos na cidade nas segundas. O que acham?

      Obrigada!

      • Oi Renata! A depender de onde você se hospedar, pode ser meio morto, mas nada demais. Em geral não rola muita coisa à noite nas cidades alemãs… até em Berlim a maior parte das regiões é bem calma depois das 20h/22h.
        Bom, as lojas ficam fechadas no domingo, com exceção das de souvenir no centro. Mas restaurantes, cafés e atrações ficam abertas. Não se preocupe.
        Quanto aos protestos, eles podem atrapalhar a logística, mas nunca são violentos e mesmo assim sempre muito bem policiados (não se assuste com a quantidade de policiais pois não é proporcional ao nível de violência. rs).
        Boa viagem e aproveita que Dresden é linda!

    9. Olá, irei fazer o berlim/Dresden/Praga.
      Voces poderiam me indicar casas de cambio em Berlim ou Dresden? Gostaria de trocar alguns euros para poder ja utilizar no transporte publico assim q chegar em Praga, pois nao quero contar com o cambio na estacao de trem, ouvi horrores sobre preços e gente dando o golpe.

      Obrigada!

      • Oi Renata!
        Também não trocaria na estação de trem, indicaria a você as casas de câmbio no centro da cidade de Praga, normalmente tem as melhores condições.
        Se você quiser trocar em Berlim, recomendamos uma casa de câmbio no Eurocenter (galeria na praça da igreja Gedächtniskirche, próxima à estação Zoologischer Garten).
        Abraços e boa viagem!

    10. querida Nicole

      Voltei de viagem e sua ajuda foi fundamental! Muito obrigada pelos posts, respostas, emails e toda atenção.
      Me apaixonei por Berlim, gostaria de ter passado pelo menos mais 2 dias por lá. Dresden é demais tb, Potsdam (suspiro), Vale do Reno e Mosel. Fui tb para Praga e Amsterdam, mas as cidades da Alemanha, assim como o povo e a organização me surpreenderam, e eu estava mal acostumada com Londres, que para mim era imbativel até conhecer Berlim.
      Bjs

      • Olá Renata!! Que bom que você amou a viagem! Mas também, só escolheu lugar legal pra ir. rss
        Olha, confesso que fiquei com um pouco de dificuldade de viajar por outros países depois que me acostumei com essa organização alemã. Sem falar que Berlim ainda é a mais caótica das cidades alemãs… hehe
        Beijos!

    11. Oi Nicole! Bela reportagem!!

      Eu costumo ir para Praga, onde tenho conhecidos. Porém, neste ano, pretendo visitar um amigo em Berlin. Ficarei na cidade (meu projeto) de 02 a 05 de outubro. Depois, pretendo ir a Dresden e de lá para Praga. Tudo isto de trem. Creio que meu amigo não poderá me acompanhar neste roteiro. Quero sair de Berlin no dia 05/10, ficar um dia em Dresden e depois seguir para Praga. Retornarei a Berlin (via Dresden) no dia 10. Tem como eu participar de um grupo para visitar Dresden?

      Grato

      Hildebrando

      • Olá Hildebrando! Amanhã vai sair um post sobre esse trecho Berlim-Dresden-Praga 🙂
        Nós não formamos grupos, acompanhamos nossos viajantes de forma privada. Você teria interesse? Envia e-mail para contato@agendaberlim.com que a gente envia uma proposta!
        Abraços,
        Nicole

    12. Ola
      quantas noites eu preciso ficar em Berlim para
      visitar a cidade e fzr 3 bate/volta
      dresdem
      Postdan
      e Hamburgo (sei que este eh longe mas penso em sair 7 da manha e voltar o max puder mais tarde)
      ou dormir uma noite em Hamburgo e outra em Dresdem!!!!!!!
      o que você acha
      ainda vou para hannover // Colonia /// frakfurt
      passar 3 noites em cada mais ou menos

      • Olá Helenio,
        para conhecer pelo menos os principais pontos turísticos e históricos de Berlim eu recomendo 3 dias inteiros na cidade. Para cada bate-volta você precisará de um dia… ou seja, programaria pelo menos uma semana em Berlim. Ou deixaria alguns bate-voltas de lado e aproveitaria as cidades-base com mais calma. 🙂
        Boa viagem!

    13. Oi Nicole! Gostaria de ir de Berlin a Dresden e depois de Dresden a Salzburg, tudo de ônibus. Há armários para a bagagem na estação de ônibus?
      Pela minha pesquisa, o tempo de Berlin a Dresden de trem ou de ônibus é parecido, cerca de duas horas e meia, é isso mesmo?

      • Olá Audrey, o tempo é parecido mesmo.
        Você precisa de armário só em Dresden? Se for o caso, os ônibus te deixam ao lado da estação central de trem – lá tem armário.
        Boa viagem!

    14. Nicole,
      boa noite
      Estou indo para Berlim 6 noites
      hanover 3 noites
      colônia 4 noites
      frakfurt 4 noites
      agora em final de setembro
      você acha melhor comprar um passe de trem ou pagar isto separado uma vez que eu gostaria de fazer algumas viagens de ônibus?
      estando em Berlim gostaria de visitar bate e volta Dresden e hamburg- vc acha viável, tem alguma dica?
      obrgado
      helenio

    15. Olá Nicole.
      Eu e minha familia (mulher e filhos – 21 e 17 anos), estaremos em Berlim de 25 a 1 de janeiro 16.
      Gostaria de saber o passo a passo para ir de trem num bate-volta a Dresden.

    16. Oi! I am sorry but I don’t speak Portuguese. I have lived in Dresden for 11 years. I am sorry, but: The picture that is meant to show the bridge responsible for losing the Unesco title (Waldschlösschenbrücke) is actually showing the wrong bridge (Carolabrücke)!

    17. Olá Nicole, estou simplesmente amando suas dicas e interatividade com o público!!! Chegarei em Berlin dia 04/02 às 11h40 (aeroporto TEGEL), depois dos tramites de imigração quero ir direto para Dresden (vou passar uma noite lá antes de ir para Praga). Tem alguma linha de ônibus que faça este trajeto Aeroporto Tegel/Dresden? Caso negativo qual a sua sugestâo para fazer este deslocamento de trem ou ônibus?

      • Olá Karla!! Obrigada, fico tão feliz com comentários assim! 😉
        Olha, direto do aeroporto Tegel até Dresden eu não conheço. Que eu saiba não tem linha de ônibus de viagem saindo de lá. Eu diria para você pegar ou na estação do Zoo (Zoologischer Garten) ou na estação central (Berlin Hbf) porque para essas duas estações há ônibus direto do aeroporto Tegel.
        Abraços e boa viagem!

    18. Oi Nicole, gostei muito das suas dicas.

      Principalmente porque pretendemos ficar dois dias, três noites em Berlim e seguir de trem para Praga, via Dresden.

      Pretendemos (casal de idosos) realizar um tour de um dia completo em Berlim com guia falando Português. Gostaria de saber se vs. estão disponíveis na data de 16 ou 17/05/17 e qual o custo desse tour de um dia completo em Berlim.

      No dia 18/05/17, pretendemos seguir para Praga e fazer esse stopover em Dresden, no mesmo dia e pretendemos utilizar o guarda-volumes da estação.

      Grato e parabéns pela blog!

    19. Conhecer Berlim foi Maravilhoso, mas com certeza Pacelli nos mostrou uma Berlim com muito mais detalhes da sua história. Além do tour cheio de informação, as dicas e a simpatia dos dois que são nota 1000!! Voltaremos em Breve para repetir o passeio com vcs, valeu muito ! Obrigada !!

      • Como conterrâneos, vocês são suspeitos pra falar. hehehe
        Mas ficamos muito feliz que tenham gostado e aproveitado essa nossa querida cidade.
        Foi ótimo e gostamos muito também.
        Espero que voltem.

        Abraço

    20. Oi pessoal, tudo bem?

      Vamos fazer essa paradinha em Dresden, mas vamos de ônibus de Berlim pra lá, pois os valores estão melhores. Uma pergunta: na estação onde o ônibus nos deixará em Dresden, teremos onde guardar as malas?

      Obrigada!

      • Olá, Milena! As paradas de ônibus lá em Dresden geralmente são na rua atrás da estação central. Na estação central há guarda-malas, sim.
        Boa viagem!

    21. Olá Nicole!

      Nós vamos fazer o trajeto Praga/Berlim de trem com parada em Dresden. Teremos 6 horas entre o desembarque em Dresden e o embarque para Berlim. Seguindo suas dicas pensamos em ir de bonde até a parada Theaterplatz. Nossa dúvida é em relação ao retorno. Não temos ideia do tempo com deslocamento e não gostaríamos de fazer nada muito corrido, afinal ainda temos que retirar as bagagens do guarda-volumes. O que você sugere em relação à distribuição do tempo? Com qual antecedência da partida do trem para Berlim você sugere que devemos retornar para a estação Dresden?

      Grato

      Fabiano

      • Geralmente faço o retorno caminhando e deixo cerca de 40 minutos pro percurso. Dura em geral 20 minutos do Brühlsche Terrasse até a estação, caminhando ali pela Prager Str., que é a rua moderna de comércio.
        O legal é que você vai se despedindo dos monumentos da cidade à medida em que retorna para a estação.
        Bom passeio!

    22. Nicole

      Esta visita ao Zwinger que você menciona no seu post (entrada alas do Palácio) é gratuita? Li no site oficial que há cobrança de bilhetes para visitar museus no complexo.

      • Olá, Fabiano!
        A visita que menciono é apenas para entrar no pátio interno e subir nas galerias para caminhar. Esse passeio é gratuito.
        Caso desejem entrar para ver as coleções de arte ou porcelana, aí é necessário comprar ticket. 🙂

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.