Aprenda a apreciar um bom vinho na terra da cerveja

Apesar de bastante saboroso, o vinho alemão raramente vem à tona quando se pensa num bom vinho europeu.

Quer ver? Quando você pensa em vinhos europeus, me diz se não pensa logo em países como França, Portugal, Espanha e Itália?!

Mas aqui estou eu para quebrar esse preconceito e te mostrar que o vinho alemão pode ser muito gostoso. Vem comigo!

I, Scmtb49, Wine glass, CC BY-SA 3.0

A Alemanha tem ótimos vinhos brancos (Foto:I, Scmtb49, Wine glass, CC BY-SA 3.0)


O bom vinho alemão: o Weißwein

Porém, apesar de pouco conhecidos, os vinhos alemães têm sim o seu valor e hoje a Alemanha já produz vinhos de altíssima qualidade. Por motivos geográficos, na Alemanha se destacam os vinhos brancos (Weißwein).

Geralmente, o problema na produção dos vinhos tintos (Rotwein) é que o verão na Alemanha costuma ser muito curto para a maturação satisfatória das uvas tintas. As uvas brancas precisam de menos tempo e se adéquam melhor a outros fatores geográficos (terroir).

A maior parte das regiões vinícolas da Alemanha se concentra na parte sudoeste, próxima da fronteira com a França, terreno bastante irrigado e cortado por vários rios, como o Reno e o Neckar.

vinho alemão, vinho alemanha, regiões vinícolas alemanha

Regiões vinícolas da Alemanha (Vignobles_allemagne-fr.svg: DalGobboM¿!i? translation into German: עין לציון (talk), WeinbaugebieteDeutschland, CC BY-SA 3.0)


Entendendo os rótulos dos vinhos alemães

Um dos motivos de alguns brasileiros que visitam a Alemanha não experimentarem os vinhos locais é a dificuldade de entender o rótulo. É por isso que vou dar a vocês algumas dicas.

Os nomes são sim diferentes e, na maioria das vezes, se você não souber alemão, não vai entender.

Então preparei algumas tabelas para vocês se guiarem em relação ao rótulo, ao nível de açúcar (vinho seco/suave) e algumas traduções do nome de algumas uvas.

Tabela dos vinhos quanto ao rótulo

vinho alemão quanto ao açucar

Tradução uva vinho alemão


O que eu recomendo: uva Riesling

Uvas Riesling (Bauer Karl, Rieslingtrauben, CC BY 3.0)

Uvas Riesling (Foto: Bauer Karl, Rieslingtrauben, CC BY 3.0)

E claro que não poderia deixar de dar algumas dicas mais pessoais.

Bom, aprendi com alemães apreciadores de vinho, com leitura e com experiência própria que a uva mais característica daqui e que dá excelentes vinhos é a uva Riesling.

Essa uva branca dá vinhos de cor dourada com aromas fortes de frutas como abacaxi, pêssego e maracujá. Em alguns mais envelhecidos pode-se perceber ervas e especiarias.

Uma regra fácil de seguir para quem não quer cometer erros é pegar uma garrafa de Riesling que custe a partir de €5 (valor no supermercado; em restaurantes pode custar bem mais caro). Esse critério já é um bom controle de qualidade.

Vinhos que levamos para o Brasil para nossa família provar

Vinhos que levamos para o Brasil para nossa família provar

Para harmonizar uma boa garrafa de Riesling, sugiro a própria culinária alemã mais típica mesmo. Batatas, salsichas, kassler e chucrute combinam muito bem com a bebida.

Se quiser continuar na sobremesa, também pode. Um Riesling acompanha bem uma típica torta de maçã (Apfelstrudel).


O Grauburgunder

Mas não tenha medo. Não precisa pedir somente garrafas de Riesling (se bem que não cairia tão mal).

Já provamos algumas garrafas excelentes de Grauburgunder (Pinot Gris/Grigio), também branco. Essa uva branca combina bem com uma salada e outros pratos bem leves.

Então não seria nada mal pedir um Grauburgunder pra acompanhar uma salada e depois uma garrafa de Riesling com salsichas, chucrutes e batatas.

Detalhe, se você conseguir pronunciar certinho o nome das uvas, já garantimos que seu alemão está muito bom.


Onde comprar vinhos em Berlim

Para quem quer comprar vinhos em Berlim temos também uma dica. É a torre de TV com uma imensa variedade de bebidas.

Outros locais bons para comprar vinhos alemães são a KaDeWe e a Galeria Kaufhof.

E um lugar no qual adoramos apreciar um bom vinho alemão é o Arminiusmarkthalle, mercado do bairro de Moabit, lá tem uma área bem legal de vinhos; você pode apenas comprar umas garrafas ou também degustá-las no lounge por lá.

Agora espero que você consiga apreciar um bom vinho mesmo estando na terra da cerveja! Depois me diz como foi a experiência.

Quem sou eu: Pacelli

Economista, mas apaixonado por filosofia, literatura, história e alta cultura, resolvi estudar os temas que aprecio em casa. Sempre procuro incluir essas temáticas nos meus posts sobre Berlim e Alemanha que você encontra por aqui.


Vale a pena comprar antecipadamente:


Que tal conhecer Berlim com a gente?

Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


Não nos perca de vista! 

Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! :)


Compartilhe o nosso trabalho:

Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... :)

11
5

5 Comments

  1. Como um bom apreciador de vinhos e por morar em uma região de cultura alemã, já experimentei um bom vinho vindo da terra. São realmente diferentes com um belo encorpamento.

    Uma novidade aqui são os chopps de vinho que acabam agradando tanto os fãs da cerveja quanto os fãs do vinho. Realmente uma delícia!

  2. Rafael Boro 19/11/2015 Reply

    Essa é novidade! Gostei de saber!

    Acho que quase toda gente (eu estou nesse meio rs) relaciona a Alemanha com a cerveja e esquece do vinho – coitado dos grandes apreciadores de vinho que querem experimentar coisas diferentes.

    Meus pais, que preferem vinho a cerveja, já viajaram para Alemanha e nem pensaram pedir nos restaurantes um vinho alemão. Agora não irão mais fazer isso hehe.

    A mesma coisa acontece com quem gosta de cerveja. Um amigo esteve aqui em Portugal e não quis saber de vinho e veio preparado para experimentar as cervejas artesanais do país. Ainda bem que esse mercado vem ganhando espaço, pelo menos em Lisboa! A gente conseguiu encontrar boas opções e ele gostou!

    Um grande abraço, Pacelli!

    • Author
      Pacelli 21/11/2015 Reply

      Pois é. Escrevi o post exatamente pra isso. Acho uma pena que as pessoas vão pra Alemanha e deixem de tomar vinhos por uma simples questão de tradução. E o mais legal é que eles estão ficando cada vez melhores e estão tomando cada vez mais vinho.

      Abraço e até Berlim

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.