10 dicas para você não fazer feio quando convidado a uma casa alemã

Cada povo tem seus costumes, claro. E os costumes alemães que coloco aqui com certeza não retratam todos os alemães.

Mas na Alemanha existem regras de boa convivência que são um pouco diferentes das brasileiras. Se você pretende vir à Alemanha e ter contato com os nativos (ou se apenas é curioso em relação aos costumes alemães), é bom ficar de olho.

Afinal, apesar de todos compreenderem que as culturas são diferentes e que você não precisa se comportar como um alemão, é sempre bom evitar pequenas coisas que podem incomodar os anfitriões, né?!

Juntamos aqui algumas regras básicas que todo mundo pode seguir caso seja convidado para um almoço, lanche ou jantar numa casa alemã:

Os alemães normalmente convidam com antecedência

Seja sincero em relação à resposta.

Se você confirmar, não deixe até a última hora para avisar que não vai mais poder ir.

Pode parecer estranho para os brasileiros, mas um convite para algo daqui a 2, 3, 4 ou até 10 semanas (acredite, já aconteceu com a gente) é super normal por aqui – honre os seus compromissos!

Os alemães não vão ficar relembrando o evento, mas estarão ansiosos esperando por você.

Os alemães são pontuais

Isso significa que se algo foi marcado para 10h, você deve chegar às 10h.

Não apareça na casa dele às 9h e muito menos às 11h.

Se você for se atrasar, por qualquer motivo, ligue o mais rápido possível avisando. E se por acaso for chegar antes, ligue perguntando se não há algum problema.

Leve alguma coisa

Ao receber um convite para ir à casa de um alemão, pergunte sempre o que você precisa levar.

O fato de ele estar oferecendo uma festa ou um almoço/jantar, não significa que ele vai oferecer tudo.

É comum por aqui que os convidados levem suas bebidas (e em algumas ocasiões também comida, principalmente entre os mais jovens).

Lembre das crianças

Mesmo que o anfitrião diga que você não precisa levar nada, é sempre bom levar um vinho ou uma bebida do tipo para presenteá-lo.

Se na casa tiver crianças, é normal que elas recebam algum presentinho dos convidados também (coisas simples, nada caro).

Tire os sapatos

Sempre, mesmo que o anfitrião não peça, retire os sapatos antes de entrar na casa de um alemão.

Geralmente há uma antessala para deixar os sapatos e casacos.

Quando não for necessário retirar, o anfitrião normalmente deixa claro que o convidado pode entrar com sapatos.

Jogue as meias rasgadas fora!

Por conta do tópico anterior, é sempre conveniente estar com meias apresentáveis.

Meias geralmente não são muito levadas a sério no Brasil, já que ninguém vê as meias de ninguém.

Na Alemanha, como é normal que elas fiquem à mostra, é bom evitar as meias com buracos ou muito encardidas. Ah, os alemães adoram meias de cores diferentes.

Não se apresse

Os alemães normalmente esperam que todos se sirvam para iniciar uma refeição.

Depois que todos se servem, as pessoas desejam entre si “Guten Appetit” e começam a comer.

Acredite no anfitrião

Se o anfitrião disser que você pode se servir, sirva-se. Se ele disser que você pode abrir a geladeira e pegar o que quiser, você pode.

Seja prestativo

Depois do almoço/lanche/jantar, é comum os convidados ajudarem a organizar a mesa ou a cozinha.

Não é regra por aqui ter algum funcionário para ajudar nos afazeres de casa – e ninguém vai se sentir ofendido se você se oferecer para lavar ou enxugar os pratos.

Verifique a hora para acabar

Preste atenção ao convite que você recebeu (quando o alemão perguntou a você 2 ou 3 semanas atrás se você gostaria de jantar na casa dele): ele estabeleceu horários?

Muitas vezes os alemães convidam você para um evento com horários definidos (tanto de início quanto de término).

Então se liga no horário de término para você não ficar incomodando lá na casa deles principalmente já tendo dado o horário marcado para os convidados irem embora.


Sei que são muitas regrinhas e que a sociedade alemã parece ser uma sociedade bem chatinha.

Mas quando você se acostuma, você vê que a convivência fica mais simples.

E é claro que eles vão compreender caso você aja diferente do habitual no país deles, mas se tem a gente aqui para avisar a você as diferenças básicas… por que não evitar constrangimentos, né?!

Portanto, aproveite o convite à casa alemã, no geral eles cozinham muito bem e são ótimos anfitriões!

Se você quiser ter a experiência de jantar na casa de uma família alemã, entra em contato com a gente que a gente pode organizar.


Observação desnecessária: claro que o que está escrito aqui são generalizações e dicas baseadas em nossas experiências na Alemanha. Ninguém é igual a ninguém, e os alemães também não podem ser reduzidos a um esteriótipo.

E, olha só, não são só os alemães; os austríacos também tem uns costumes bem parecidos… checa lá o post que a Letícia escreveu lá no Viva Viena sobre “Cultura Austríaca: como entrar com o pé direito na casa de um austríaco“! 😀

Mais posts sobre costumes alemães você pode ver aqui!

Quem sou eu: Nicole

Desde os 3 anos fiz da leitura a minha melhor aliada. Mas diferente de Pacelli, de vez em quando preciso dar uma pausa nos livros de filosofia, história e política e partir para ler um romance. Por gostar de escrever de forma didática, sou responsável pela maior parte dos posts práticos aqui do blog.


Vale a pena comprar antecipadamente:


Que tal conhecer Berlim com a gente?

Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


Não nos perca de vista! 

Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! :)


Compartilhe o nosso trabalho:

Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... :)

42
26

26 Comments

  1. Daniel 06/04/2013 Reply

    Só tá faltando uma diquinha pros meninos: não faça xixi em pé na casa de ninguém!

    • Author
      Nicole 03/05/2013 Reply

      É verdade, Daniel. Os alemães costumam fazer xixi sentados, principalmente se estão na casa dos outros. Boa observação, obrigada! 🙂

  2. karine 07/07/2014 Reply

    Sempre quis ir a Alemanha,acho muito chique os costumes,o jeito que eles tratam os nativos e os turistas, mas ainda sou menor de idade kkkkkkkkkk

  3. Claudia 12/12/2014 Reply

    Adorei!!!!

    • Author
      Nicole 12/12/2014 Reply

      Obrigada, Claudia!! 🙂

  4. joana claro 12/12/2014 Reply

    Hahaha… Boa, boa…É realmente isso!

  5. Ana 12/12/2014 Reply

    Bem, não sou brasileira mas acho que são costumes completamente normais como dizem as regras da boa educação.

    • Author
      Nicole 12/12/2014 Reply

      São sim, Ana. Mas nem todos são comuns no Brasil não… e acredito que nem em todos os países 😉

  6. hahahaha! Ótimo post para evitar gafes! 😉

    • Author
      Nicole 12/12/2014 Reply

      Pois é, Cris!! Eles são ótimos anfitriões e o jeito que se comportam à mesa é tão lindo 😉

  7. Malu 12/12/2014 Reply

    stou de acordo com a Ana, e sou brasileira. Tudo o qu eu i aqui eh simples, common sense e pura educacao, nao tem nada de chato. Quem convida, convidou nao importa quanto tempo atras. Tem que ser pontual. Tem que trazer um vinho, ou flores ou oferecimento de agradecimento, tem que oferecer de limpar ou arrumar a mesa.

    Eh soh a historia de ir embora que tem muitas culturas que nao existe hora particular, mas eh parte de educao conhecer o anfitriao, observar e esta cansado,se outros estam indo embora, ou falar “acho que devo irme embora”, e ver a reacao!

    O brasileiro nunca foi pontual, mas de resto se sabia melhor!

    A historia de sentar, tambem, eh uma coisa de consideracao, se homens sabem o que eh ter respeito, eles sentam.

    • Author
      Nicole 12/12/2014 Reply

      Sim, Malu. Por isso que disse que “parece ser chatinha”. Listando as regrinhas aqui fica meio seco e como se também fosse uma obrigação se comportar assim. É só a forma comum de se comportar aqui nas casas alemães… eu achei bem diferente da forma brasileira em alguns aspectos… por isso achei interessante listar. Minha experiência no Brasil (de mais de 20 anos) é diferente: atrasos são bem tolerados (até desejáveis), as pessoas não tem costume de levar sua bebida ou perguntar se deve levar algo, também não há esse costume de tirar os sapatos e nem mesmo de esperar todos se servirem para começar a comer. Enfim… mas como falei no post, são generalizações e cada um tem experiências únicas 😉

      • Malu 12/12/2014 Reply

        Eu acho e espero que muitos brasileiros nao sejam assim, eu acho que talvez sejam os jovens com menos experiencia e os mau educados, e tambem eh diferente por regiao. O mau pai ja brincava ha decadas, que “carioca convida mas nao te da o endereco” – nao precisam se ofender os cariocas, nao eh que essa piada seja verdade, mas sempre existiram diferencas culturais entre o Rio e sao Paulo, Minas e o Nordeste, o Sul etc.

        Ainda acho que tudo isso eh questao de educacao. Quando eu era menina no Brazil, tudo isso ja se fazia, todos os amigos dos meus pais e meus, amigos/as dos meus irmaos etc, o sapato dependia da casa de quem. Por isso eu disse espero que nao tenham perdido tanto a educacao, mas parece que sim! Tem coisas muito mais differentes na cultura alema, nunca pensei que isto aqui precisasse ser explicado.

        A falta de pontuaidade brasileira piorou e eh uma vergonha! em fama internacional! Mas nao era todo mundo assim antes. Ciao!

  8. Elayne 12/12/2014 Reply

    Muito esclarecedor.

  9. Markus alemao 24/04/2015 Reply

    Oi Nicole…finalmente consegui ver…aliás: apreciar, saborear este post. concordo 100%! O que vc falou da geladeira, eu acho, pode ser generalizado: quando o anfitrião oferece algo, ele tá falando sério, ou seja: se ele diz: nao precisa arrumar, entao nao precisa. No entanto, ele vai adorar se vc fizer mesmo assim. Outra: Se ele pergunta se vc quer mais comida e vc fala que nao, entao nao se estranhe, que ele vai retirar a panela e a refeicao acabou! 🙂 Eu acho que vc descreveu muito bem a mentalidade: a gente é bem mais direta, mas nem por isso deixa de ser acolhedor e hospitaleiro!

    • Author
      Nicole 27/04/2015 Reply

      Verdade, Markus! 😀 Eu adoro a hospitalidade de vocês!
      Obrigada por passar aqui e por comentar! Abraços!

  10. Donovan 24/09/2015 Reply

    Muito bacana o post e me abriu muito os olhos, gostaria de ter mais contato com você para retirar algumas dúvidas, se possível, pois pense em passar uns dias em Berlim. Desde já agradeço.

    • Author
      Nicole 29/09/2015 Reply

      Olá Donovan! Estamos abertos aqui no blog, pode enviar os comentários com dúvidas nos posts relacionados aos temas, ok? 😀
      Abraços!

  11. Eleni Seelos 24/04/2016 Reply

    Esse post e tipico brasileiro,que näo tem horario pra nada,aparecö a hora que eu achar melhor,mesmo tendo sido marcado para 13 horas aparecö la por 14.30hrs,a falta de educacäo e da braba,acho esse costumes boms aqui ,se recebo um convite,14 dias antes,respeito esse convite,pois tenho que me organizar com as compras….e conto com as pessoas que convidei a näo ser que alguem ficou doente desmarco minha presencä…..queria ver se brasileiro tbem näo ficaria chateado caso os seus convidados desmarcao na ultima hora porque recebeu um convite melhor näo e bem assim?E trazer algo junto e bem normal e a educacäo que faz isso,e ajudar depois da festa tbem e de bom custume,näo como no nosso Brasil deixa td pois tem na Segunda a faxineira que linda tda a sujeira que fizemos näo e bem assim?

    • Author
      Nicole 25/04/2016 Reply

      Sim, Eleni, o post é justamente para alertar que alguns comportamentos, muitas vezes comumente aceitos no Brasil, não são normais por aqui. Abraços e obrigada pelo comentário.

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.