O parto na Alemanha: nosso pequeno berlinense chegou

Bernardo, o nosso pequeno berlinense chegou!
(Foto: Felipe Minnicelli)

E além de compartilhar essa felicidade com vocês, resolvi trazer também algumas curiosidades em relação ao meu parto na Alemanha.

Lá no instagram tem uma série de stories em destaque na qual falo sobre a gravidez aqui na Alemanha, respondendo perguntas dos seguidores. Se você ainda não nos acompanha por lá, tá na hora de seguir @agendaberlim! 😉

Vamos às curiosidades sobre o meu parto na Alemanha, especificamente no hospital DRK Köpenick, em Berlim:

  • O parto foi no hospital, mas quem conduziu foram as parteiras (Hebammen, que são uma combinação de enfermeiras obstétricas e parteiras).
  • As parteiras trocavam de turno a cada 8h30. Pegamos 4 diferentes, todas muito atenciosas e competentes. 🙏
  • A médica apareceu só no finalzinho para auxiliar a parteira (sim, ouvi várias vezes a médica consultando e respeitando a decisão da parteira).
  • Intervenções foram feitas apenas sob consulta e foram evitadas ao máximo.  As parteiras falavam o que aconselhavam fazermos (foi um parto muito demorado e bem difícil) e diziam: “vou deixar você e seu marido a sós para decidirem” – voltavam dentro de alguns minutos.
  • No hospital pude usar bola de pilates, banheira com sais, chuveiro, parede, corda, enfim, vários instrumentos para auxílio do parto normal. As parteiras preparavam uma banheira com ervas sempre que eu pedia.
  • Depois de nascido, Bernardo veio direto para o meu colo e então foi para o nosso quarto nos braços de Pacelli. A partir de então não saiu mais da nossa presença (ele dormiu com a gente desde o primeiro momento pós-parto).
  • Ficamos 3 dias no hospital para que Bernardo tivesse sua primeira consulta pediátrica, pois é muito difícil encontrar pediatras que aceitem novos pacientes e que façam a primeira consulta necessária ainda nos primeiros dias de vida. É o tempo padrão para partos normais.
  • Tivemos que pagar extra apenas para ter um quarto-família onde ficaríamos nós 3; o restante todo foi pago pelo plano de saúde (obrigatório aqui na Alemanha). O padrão coberto pelos planos é um quarto dividido entre 2 a 3 mulheres (com seus respectivos bebês e sem acompanhantes).
  • Voltamos do hospital para casa andando (!), pois aqui recém nascido sai de casa desde o começo, principalmente para pegar um ar fresco. 😅 São 10 minutos de caminhada por um parque, então é bem tranquilo.
  • Em casa, tenho recebido a visita de uma Hebamme para auxiliar no pós-parto e na lida com o recém-nascido. Esse é um serviço previsto e bancado pelo plano de saúde. Você só precisa encontrar uma Hebamme que possa lhe atender no período provável do pós-parto. Eu achava que ficaria incomodada com a visita de uma enfermeira, todos os dias por 10 dias, depois uma vez por semana, mas na verdade é bem bacana. Ela pesa o bebê, ajuda na amamentação, tira as nossas dúvidas, dá dicas das mais variadas e também verifica a minha recuperação. Adoro quando ela vem.

Enfim, estamos muito satisfeitos com o sistema, com o hospital DRK Köpenick (da Cruz Vermelha) e principalmente agradecidos em ter o nosso filhinho saudável no colo. ❤🙏

Deixo aqui mais fotos lindas do titio Felipe Minnicelli, tiradas de improviso na primeira visita ao Bernardo:

É ou não é muita gostosura?! rss

Agora podem esperar mais programas infantis aqui pelo blog – sem deixar de lado o nosso conteúdo histórico que tanto gostamos, claro.

Quem sou eu: Nicole

Desde os 3 anos fiz da leitura a minha melhor aliada. Mas diferente de Pacelli, de vez em quando preciso dar uma pausa nos livros de filosofia, história e política e partir para ler um romance. Por gostar de escrever de forma didática, sou responsável pela maior parte dos posts práticos aqui do blog.


Vale a pena comprar antecipadamente:


Que tal conhecer Berlim com a gente?

Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


Não nos perca de vista! 

Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! :)


Compartilhe o nosso trabalho:

Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... :)

1
0

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.