• À espera de Bernardo

    À espera de Bernardo

    By Nicole on 25/10/2018

    Vem, Bernardo, “forte como um urso”!
    (Foto: Felipe Minnicelli)

    Estamos desde Março à espera do nosso Bernardo, previsto para o final de Novembro.

    “Bernardo” significa “forte como um urso”, tudo a ver com a cidade de Berlim, cujo símbolo também é esse bravo animal.

    Aproveitamos o momento e fizemos umas fotos com o nosso parceiro, o fotógrafo Felipe Minnicelli.

    Nunca é fácil conciliar as nossas agendas, então conseguimos uma brechinha de menos de 1h em um dia cinzento de outono.

    Diante dessas condições, só o Felipe para conseguir fotos tão lindas. <3

    Deixo aqui o álbum para compartilhar esta alegre espera com vocês:

    Acompanha o nosso instagram para ficar sabendo das novidades em primeira mão e interagir com a gente! @agendaberlim

    E para quem quer um ensaio fotográfico em Berlim, em qualquer ocasião, inclusive no centro histórico da cidade, entra em contato com o Felipe para agendar!

    E nossos passeios guiados por Berlim continuam com metade da força, então é só correr pra agendar a sua data! 🙂 Entra em contato com a gente!


    Vale a pena comprar antecipadamente:


    Que tal conhecer Berlim com a gente?

    Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

    Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

    Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


    Não nos perca de vista! 

    Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

    Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


    Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

    Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

    Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

    Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

    Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

    A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! 🙂


    Compartilhe o nosso trabalho:

    Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

    Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... 🙂

  • Muro de Berlim: 05 locais para ver o famoso muro da cidade

    Muro de Berlim: 05 locais para ver o famoso muro da cidade

    By Nicole on 19/10/2018

    Topografia do Terror: o muro de Berlim em seu formato original

    Esse é o local onde o muro de Berlim está em seu formato mais original.

    São 200m de muro, com exceção de alguns buracos, completamente preservados e intocados. Hoje o pedaço é tombado e faz parte do memorial da Topografia do Terror.

    Muro de Berlim - Topografia do Terror - Agenda Berlim

    Essa parte do muro dividia o bairro do Mitte (Berlim oriental) do bairro de Kreuzberg (Berlim ocidental).

    Esse trecho era, portanto, o que o ocidente via e chamava de muro de Berlim, por se tratar da faixa externa do complexo. Ou seja, aquela que, apesar de 3m recuada, dividia o oriente do ocidente (aliás, isolava a Berlim ocidental).

    Além da faixa externa, havia uma faixa interna que corria paralela por dentro do setor oriental. Isso era o que facilitava a segurança de fronteira, a qual buscava a todo custo evitar a fuga de berlinenses e alemães orientais para a Berlim ocidental. Essa faixa tem o apelido de “faixa da morte“.

    Apesar de o trecho do muro de Berlim na Topografia do Terror ser o mais original, todo o memorial se volta a outro período obscuro da história do século XX: o nazismo.

    Neste post sobre museus que você deve visitar em Berlim, eu já escrevi sobre a topografia do terror, dá uma conferida.

    A topografia do terror fica no centro de Berlim, próxima ao Checkpoint Charlie, ao antigo prédio da Luftwaffe e à Potsdamer Platz.


    Memorial do muro de Berlim: uma rua destruída pelo muro

    Se você tem curiosidade em saber como era a chamada “faixa da morte”, o vão entre os dois muros paralelos que mencionei no ponto anterior, vá até o Memorial do muro de Berlim.

    Memorial do muro de Berlim - faixa da morte

    Lá você pode subir numa plataforma e ver uma simulação da faixa da morte. Torre de guarda, rua asfaltada para passar a patrulha, luzes… e tudo mais.

    O Memorial do muro de Berlim não tem os trechos mais originais do muro, mas fica numa rua em que o muro deixou muito profundamente as suas marcas.

    A Bernauer Str. é uma avenida entre o bairro do Mitte (Berlim oriental) e o bairro de Wedding (hoje “Mitte” também, mas antes na Berlim ocidental).

    Como seus prédios ficavam bem na divisa entre os dois bairros, inclusive possibilitando a fuga dos orientais através deles, o governo comunista resolveu demolir toda a rua.

    Os prédios foram colocados abaixo, assim como uma igreja. O cemitério, inclusive contendo veteranos da primeira guerra mundial, foi profanado. Eles nem se preocuparam em deslocar todos os corpos, que ficaram ali no meio da faixa da morte por um bom tempo.

    O Memorial do muro de Berlim é composto de um centro de visitantes, onde você pode ver um filme bem explicativo sobre o muro de Berlim (em alemão e em inglês), da torre para ver a faixa da morte de cima, além também de uma série de exposições ao ar livre ao longo do memorial na avenida Bernauer Str.

    Você pode descer na estação Nordbahnhof, explorar inclusive sua exposição sobre estações-fantasma (estações desativadas com a construção do muro de Berlim) e caminhar por todo o memorial do muro até o U Bernauer Str.

    Se possível, combine com uma ida ao Mauerpark aos domingos e/ou com um passeio pelo bairro de Prenzlauer Berg.


    East Side Gallery: o muro de Berlim transformado em galeria de arte

    Eu acho que a East Side Gallery é o mais famoso entre os lugares para ver o muro de Berlim. O que não necessariamente significa que seja o melhor ou o mais original.

    muro de berlim - Agenda Berlim

    A famosa pintura “O Beijo socialista” fica na East Side Gallery e representa o beijo entre os líderes do partido comunista soviético, Leonid Breschnew, e da Alemanha Oriental, Erich Honecker. Esse “beijo entre companheiros” ocorreu em 1979 e foi registrado em foto.

    O trecho do muro na East Side Gallery tem mais de 1 km de extensão, sem contar os recortes que ele foi ganhando à medida que o crescimento imobiliário foi acelerando na região.

    Ele era o muro interno. Aquela barreira que vinha antes do muro de Berlim, seguido da faixa da morte, e depois vinha o trecho do muro propriamente dito.

    Entretanto, nessa região, como o rio Spree pertencia à Alemanha Oriental, havia “apenas” a barreira interna e faixa da morte, seguida do rio também vigiado. Na outra margem do rio Spree, nessa altura, encontra-se o bairro de Kreuzberg.

    Após a queda do muro de Berlim, o artista Thierry Noir, já conhecido por ser o primeiro a usar o muro como tela, só que do lado ocidental, inicia uma ação de pintura no lado oriental do muro.

    Mais de 100 artistas vieram dos quatro cantos do mundo para pintar os quase 1.3 km de muro “do lado leste” – aquele que antes inspirava tanto terror.

    Não vou detalhar muito, pois a East Side Gallery já possui um post próprio aqui no blog, um dos primeiros posts publicados aqui. Dá uma lida!

    Para ir até a East Side Gallery, vá ao S Ostbahnhof e caminhe por toda a galeria até o final, na bela ponte Oberbaumbrücke.

    Recomendo aproveitar para cruzar a ponte Oberbaumbrücle e fazer um passeio por Kreuzberg, temos um roteirinho nesse post aqui.


    Potsdamer Platz: a praça afundada na faixa da morte do muro de Berlim

    Com o muro de Berlim, a área ao redor da Potsdamer Platz ficou completamente dentro da faixa da morte, uma das mais largas de toda a extensão do muro.

    A praça hoje é bastante moderna, mas mantém algumas marcas do seu passado. Lá você pode ver trechos do muro intercalados de uma exposição mostrando o antes e o depois do muro de alguns locais icônicos da cidade.

    Eu já tenho um post bem completo sobre essa praça que carrega tanta história e recomendo a leitura antes de visitá-la (e/ou nos contratar para um passeio guiado na cidade). 😉

    O trecho do muro de Berlim na Potsdamer Platz está todo modificado. É comum as pessoas colarem chicletes nele… mas o significado dessa polêmica ação fica em aberto.

    Eu prefiro acreditar que é uma forma de revolta; uma forma de mostrar que aquele muro que tanto amedrontou, hoje leva o que as pessoas podem deixar de mais nojento.

    Apesar de não ser um trecho muito original, ele foi recolocado onde realmente passava e dá uma boa noção do tamanho, largura e da própria existência do muro.

    muro de Berlim - Agenda Berlim

    Na praça, é possível ver pedaços do muro que nos lembram da sua passagem por aqui

    Como é numa praça muito central, é uma boa opção para quem não tem muito tempo na cidade e quer ver os principais monumentos da cidade, incluindo o muro de Berlim.


    The Wall Asisi Panorama: a experiência sensorial do muro de Berlim

    Todos esses lugares anteriores possuem trechos do muro de Berlim, vivenciaram o período violento de isolamento da Berlim ocidental e hoje apresentam as suas marcas.

    Mas em nenhum deles o muro está vivo. Claro. Agradecemos todos os dias que esse muro tenha caído.

    Só que é comum a gente querer sentir como era a cidade com o muro, como as pessoas reagiram, como era a vida além do muro, entre outras válidas questões.

    Uma forma de saciar essa curiosidade e de sentir o muro de Berlim vivo novamente é através da obra de arte do Asisi.

    O artista Yadegar Asisi constrói panoramas gráficos de momentos históricos e tem obras espalhadas pela Europa. Aqui em Berlim temos o The Wall.

    O The Wall é um panorama gráfico que mostra o dia-a-dia num outono da marcante década de 80 no bairro de Kreuzberg. O contraste dos diferentes cotidianos em cada lado da cidade fica bem claro. E também a faixa da morte.

    Acompanhado de música, você ainda poderá ver cenas cotidianas de mais de 25 anos da existência do muro de Berlim.

    Panorama “The Wall” ou “Die Mauer” – Press-photo: Tom Schulze (2012) © asisi

    Para visitar o Panorama “The Wall” basta ir até o Checkpoint Charlie. O Panorama e a exposição ficam num grande container preto em formato cilíndrico (Endereço: Friedrichstr. 205).

    Recomendo comprar os ingressos com antecedência, você pode comprar de forma rápida e simples na GetYourGuide, nossa parceira: basta seguir com o processo de compra super fácil e rápido aqui.

    O preço é o mesmo do local, com a vantagem de que você não enfrenta eventuais filas. Pode entrar direto com o voucher adquirido pela GetYourGuide, seja impresso ou no celular.

    Adultos pagam 10 euros. Tem preços reduzidos para crianças e jovens até 20 anos. Confere direto no GetYourGuide – as informações estão em português. O ingresso valerá o dia inteiro.

    Planejem a Checkpoint Charlie e a Topografia do Terror.


    Quer conhecer o muro de Berlim e entender a sua história?

    Então entra em contato com a gente para agendar um passeio guiado pela cidade. Nós somos guias em Berlim e o nosso foco é história, cultura e filosofia.

    Dá uma olhada nos nossos serviços e agenda já o seu passeio em Berlim com a gente!


    Vale a pena comprar antecipadamente:


    Que tal conhecer Berlim com a gente?

    Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

    Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

    Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


    Não nos perca de vista! 

    Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

    Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


    Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

    Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

    Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

    Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

    Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

    A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! 🙂


    Compartilhe o nosso trabalho:

    Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

    Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... 🙂

  • Pegando táxi em Berlim: tudo o que você precisa saber

    Pegando táxi em Berlim: tudo o que você precisa saber

    By Pacelli on 10/04/2018

    Táxi em Berlim

    Uma dúvida bem frequente entre nossos leitores e clientes é sobre pegar táxi em Berlim.

    É caro? É fácil? Tem aplicativos? Tem que deixar gorjeta?

    Então se você quiser chegar na cidade já sabendo como andar de táxi em Berlim, é só continuar lendo.

    Outros posts sobre transporte em Berlim

    Ah sim, se você está lendo esse post, talvez tenha interesse no que escrevemos sobre aplicativos de transporte em Berlim, inclusive sobre táxi, transporte público e UBER.

    E também temos um post com 10 dicas para você não fazer feio no transporte em Berlim.

    Dicas gerais sobre táxi em Berlim

    Talvez seja uma informação óbvia e que você já perceba logo ao sair do aeroporto ou ao chegar na estação central: a cor do táxi em Berlim é bege.

    taxi em berlim

    Táxi em Berlim

    Eles falam inglês?

    Muitos não falam inglês tão bem. Mas o básico eles desenrolam. Provavelmente você não terá dificuldades com isso.

    Alguns até falam espanhol, mas considere isso uma sorte enorme.

    É caro? São honestos?

    O táxi em Berlim não é tão caro quanto em outras cidades europeias e os motoristas costumam ser honestos.

    Com a nossa experiência de auxílio a brasileiros e portugueses em Berlim, ouvimos muito poucos casos de taxistas que enganaram os passageiros. Mas a possibilidade sempre existe.

    Embaixo eu coloquei as tarifas mais bem explicadas. Se quiser saber somente o preço, fique à vontade para ir direto pra lá.

    Verifique se o taxímetro está ligado

    Nós indicamos que você use o site www.taxi-rechner.de para calcular o valor aproximado de uma corrida de táxi.

    É sempre bom usar o aplicativo mytaxi, para android ou iOS. Ele permite o uso do táxi com a maior conveniência possível.

    Se você for daqueles mais desconfiados, outra dica é colocar a rota no GoogleMaps e ficar checando o caminho.

    Frota de táxi em Berlim

    A frota total de táxi compreende mais de 7.500 veículos de vários tamanhos e marcas diferentes.

    Muita gente se encanta por aqui que boa parte da frota é composta de modelos da Mercedes. Nada mal.

    Como mencionado anteriormente, a cor dos carros é bege claro.

    E em toda frota é proibido fumar. Isso vale para os passageiros e para os motoristas. Não que de vez em quando você não pegue um carro com um cheirinho de fumaça. Alguns motoristas não fumam dentro do carro, mas fumam fora, e aí o veículo fica com o cheiro.

    Pegando táxi em Berlim

    Também aqui não há grande mistério.

    Você pode acenar para um táxi passando na rua, pegar o primeiro da fila num ponto de táxi, pedir por telefone ou por aplicativo.

    Telefones das maiores centrais de táxi em Berlim

    Anota aí caso pretenda pegar táxi em Berlim:

    030 21 02 02   City Funk
    030 26 10 26   Funk Taxi Berlin
    030 26 30 00  Quality Taxi
    030 44 33 22   Taxi Funk Berlin
    030 21 01 01    Würfelfunk

    Pode negociar com o taxista?

    Em geral não. Dentro da cidade de Berlim o preço deve ser o do taxímetro (já já dou as tarifas).

    Somente para regiões fora de Berlim é que você pode negociar.

    A exceção é o aeroporto Schönefeld, que fica fora de Berlim, mas o preço do táxi até lá não pode ser negociado, só com taxímetro mesmo.

    Tem que dar gorjeta?

    Não. Não tem que dar. Mas é bom que dê.

    A gorjeta aqui na Alemanha, de modo geral, não é tão importante quanto nos Estados Unidos.

    Aqui, muitas vezes, a pessoa apenas arredonda para cima, deixando mais ou menos de gorjeta de acordo com a qualidade do serviço.

    Se a corrida deu 28 euros, por exemplo, você pode deixar 30 se gostou do serviço.

    Pode pedir notinha

    Sim, se você pedir, eles têm que dar, seja para abater de imposto, prestação de contas ou só se você quiser ter o controle.

    Mas vamos às tarifas…

    As tarifas de Táxi em Berlim

    Tarifas normais:

    Preço básico: 3,90 euros
    Preço por Km para os 7 primeiros quilômetros: 2,00 euros
    Preço por Km a partir do sétimo quilômetro: 1,50 euro
    Preço de espera: 30,00 euros por hora de espera (incluindo por problemas no trânsito)

    Tarifas para trajeto curto

    Esse caso aqui só vale se você acenar para o táxi passando na rua. Não vale se você pegar o táxi num ponto ou chamá-lo por telefone ou aplicativo.

    Custa até 5,00 euros o máximo até 2 km.

    Dica pessoal: Tente sempre pegar os táxis na rua, acenando, caso queira ir a um lugar próximo. Isso porque o tempo de espera deles na fila do ponto de táxi pode ser alto. Ou seja, para o taxista, ficar esperando numa fila uns 20 minutos e pegar uma viagem de 5 euros não vale a pena.

    E se você pegar o táxi acenando na rua, fica mais barato pra você também. Então é bom pra todo mundo.

    Custos adicionais

    Veículos grandes a partir de 5 pessoas: 5,00 euros
    Bagagem grande, preço por item: 1,00 euro
    Pagamento em cartão, crédito ou débito: 1,50 euro
    Corrida saindo do aeroporto Tegel: 0,50 euro

    *Importante: a soma de todos os custos adicionais não pode ultrapassar 13,00 euros.

    Mas como dá pra perceber, o valor pode variar bastante. Ou seja, o valor que o site taxi-rechner.de estima, pode ser diferente.

    Pegando táxi a partir dos aeroportos

    Bom, aqui vou falar de experiências pessoais minhas e de amigos.

    Quando você chega num dos aeroportos de Berlim, se você estiver com muita mala (como é costume entre nossos conterrâneos brasileiros) e mala grande, você pode ter bastante dificuldade de pegar um táxi.

    Sim, muitos taxistas fazem cara feia e fingem que não estão te vendo quando percebem a quantidade de malas.

    Mesmo quando a mala cabe num carro comum, eles fazem que não com a cabeça e indicam pra você procurar um carro maior ou pegar dois carros.

    Essas experiências são bem irritantes.

    Nos aeroportos os taxistas sabem que sempre vai ter passageiro pra eles, daí não parecem fazer questão.

    É por isso que nós temos uma alternativa que testamos e da qual gostamos bastante.

    É o transfer através da empresa kiwitaxi.

    Transfer a partir dos aeroportos e da estação central

    Para usar no meio da cidade de Berlim, os táxis são uma bom meio de locomoção.

    Mas, por conta das situações desagradáveis que já tivemos nos aeroportos daqui por conta dos táxis, como explicado acima, preferimos pegar transfer.

    É muito mais conveniente você chegar no aeroporto e já ter alguém, mais simpático do que a maioria dos taxistas, segurando uma plaquinha com seu nome já sabendo o seu hotel.

    Os motoristas com os quais já fizemos transfer pela kiwitaxi foram todos muito simpáticos e ajudaram com as malas.

    Eles fazem transfer saindo do aeroporto a partir de 36 euros.

    E você pode deixar tudo acertado online, então você não vai precisar nem se preocupar em pagar na hora. Mas se preferir, também pode pagar 90% no dia em dinheiro.

    Veja mais detalhes e reserve logo seu transfer aqui.

    Eles tem vários tipos de carros, que vão dos mais simples aos maiores e mais chiques. Não importa o tamanho do grupo, eles vão ter opções disponíveis.

    Resumo da ópera

    Os táxis prestam um bom serviço em Berlim. A frota de carros é nova e confortável. A grande maioria dos motoristas é honesta e são raros os casos de problemas com eles.

    Nós normalmente fazemos a ressalva para corridas saindo dos aeroportos, já que muitos taxistas ignoram pessoas e grupos com muita bagagem. São situações bem chatas.

    Então dentro da cidade, de um ponto comum a outro, do hotel até um ponto turístico, ou acenando para um táxi no meio da rua… sem problemas. Verifique o taxímetro e tudo certo.

    Mas do aeroporto ao centro, aconselhamos um transfer mesmo.

    E como dito acima, nós gostamos do pessoal da kiwitaxi.

    Boa viagem e boa chegada em Berlim!

     

     

    Fonte

    Tarifas e informações gerais sobre táxi em Berlim (em alemão) berlin.de


    Vale a pena comprar antecipadamente:


    Que tal conhecer Berlim com a gente?

    Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

    Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

    Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


    Não nos perca de vista! 

    Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

    Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


    Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

    Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

    Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

    Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

    Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

    A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! 🙂


    Compartilhe o nosso trabalho:

    Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

    Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... 🙂