Vacina na Alemanha contra o Coronavírus (Covid-19)

Vacina na alemanha
U.S. Secretary of Defense, Pfizer-BioNTech COVID-19 vaccine (2020) C (cropped)CC BY 2.0

A vacina na Alemanha contra o corona está na porta

Estamos nas vésperas do natal e nas vésperas do início da vacinação contra o Corona vírus na Alemanha.

A Alemanha começa a pandemia como modelo

No início da pandemia, a Alemanha despontava como modelo para o mundo.

E não era pra menos. Ainda em março e abril, o país conseguiu rastrear boa parte das infecções dentro de suas fronteiras.

Em todos os noticiários, víamos que a Alemanha era, e ainda é, o país com a maior quantidade de leitos de tratamento intensivo por cem mil habitantes.

O governo federal foi ágil ao anunciar e executar medidas de apoio às empresas e aos empregados e ao decretar as restrições que visavam achatar a curva de contágio.

Bilhões de euros foram dados às empresas sem que elas sequer precisassem devolver.

Relaxamento das regras

Com o verão, veio também o relaxamento das regras. E todos sentiram um leve retorno à normalidade, mesmo que limitada.

E mesmo com a reabertura parcial das coisas, os números não eram motivo de tanta preocupação. Ao menos não como estão sendo agora, em dezembro.

Retorno das medidas restritivas

A partir do dia 2 de novembro, o governo volta a impor medidas restritivas. Aqui levaram o nome de Light Lockdown.

E ,basicamente, tudo ligado à diversão foi fechado. Restaurantes, cafés, teatros, cinemas, hotéis…

E essas medidas foram justificadas como necessárias, e talvez suficientes, para frear um avanço do contágio do Coronavírus.

Esperava-se que, com a queda da temperatura, o número de infecções cresceria, já que as pessoas tendem a passar muito mais tempo dentro de lugares fechados, como em cafés e restaurantes. Mas, com estes fechados, o problema seria ao menos em parte resolvido.

Forte aumento dos casos

E foi exatamente depois do lockdown light que as coisas começaram a desandar na Alemanha.

Se você olhar qualquer gráfico de mortes no país por conta da doença, verá que no dia 2 de novembro foram 156. No dia 3 de novembro foram 48.

(Você pode conferir esses números em qualquer site. Usei alguns sites em alemão para minhas pesquisas, mas você pode checar na página principal do google só digitanto Corona hoje Alemanha. Ou clicando aqui.)

Hoje, dia 19 de dezembro, às vésperas de natal e às vésperas do início da vacinação, temos dias em que o número de óbitos se aproxima de 1000.

A Alemanha vai perdendo espaço como país modelo no combate ao Corona.

Volta do hard lockdown

Diante dos números crescentes, a Alemanha decretou um lockdown mais severo, o hard lockdown, para o dia 16 de dezembro, às vésperas de natal.

O comércio anunciou, de acordo com o jornal Tagesspiegel, um prejuízo de 12 bilhões de euros. E isso só por terem de fechar entre o dia 16 de dezembro e 10 de janeiro.

Só a indústria dos fogos de artifício, que conta com cerca de 3000 empresas, estima perdas de 130 milhões de euros.

O Estado alemão assume novas dívidas

Para 2020, foram 160 bilhões de euros em novas dívidas. Em 2021 esperam mais 180 bi, para um orçamento gigantesco de 500 bi.

Para ver com mais detalhes esses números, procure no nosso instagram @agendaberlim. No IGTV tem uma live só sobre isso.

Tá. Mas e a vacina na Alemanha? Quando começa? Quem vai tomar?

A vacinação na União Europeia demorou um pouco mais para receber o OK dos órgãos reguladores. Muitas foram as críticas à demora.

Enquanto os EUA, Canadá e Reino Unido já estavam vacinando sua população, a UE ainda fiscalizava a vacina feita por uma empresa, a BioNtech, de um de seus países membros, a Alemanha.

E depois da demora, a aprovação deverá sair agora, de acordo com a RTL, no dia 21 de dezembro.

Mas a vacinação na Alemanha só deve começar no dia 27.

Quem receberá primeiro?

O ministro da saúde alemão, Jens Spahn (CDU), anunciou a divisão.

Serão ao todo 4 Grupos. Sendo o primeiro, Grupo 1 a prioridade máxima.

O Grupo 1 são pessoas com mais de 80 anos e as equipes de unidades de tratamento intensivo.

O segundo grupo são os com mais de 70 anos, pacientes de uma série de doenças e pessoas que têm contato com eles.

O Grupo número 3 são os com mais de 60 anos, pessoas com algumas doenças crônicas, policiais, bombeiros etc.

E o Grupo 4 são aqueles que não pertencem aos anteriores.

Espera-se que até o final do verão de 2021, haverá ampla cobertura da vacina na Alemanha.

E os alemães vão tomar mesmo essa vacina?

Aí é que recomeça o problema. Em abril, cerca de 79% dos alemães se diziam abertos a tomar uma vacina contra o Coronavírus.

Pois eis que em dezembro a porcentagem estimada de alemães dispostos a tomar a vacina caiu para 49%, como relatado pelo jornal Ärzte Zeitung.

Para complementar a preocupação das autoridades, inclusive de Karl Lauterbach, especialista em saúde do partido SPD, a disposição dos profissionais de saúde para tomar a vacina não é muito melhor do que a do resto da população, como relatado no site do Ärzte Blatt.

E no final das contas…

E no final das contas é que se a vacina na Alemanha não funcionar como desejam e esperam os especialistas e autoridades, um sinal estará sendo enviado para o mundo, já que a primeira, e até agora principal, vacina é alemã.

Imaginem só se nem os alemães quiserem tomar sua própria vacina…

Outro grande problema é que para se atingir uma imunidade de rebanho segura, deve-se ter ao menos 70 ou 75% da população vacinada. Muito, mas muito acima dos atuais 49% dos alemães.

Quem sou eu: Pacelli Luckwü

Economista, mas apaixonado por filosofia, literatura, história e alta cultura, resolvi estudar os temas que aprecio em casa. Sempre procuro incluir essas temáticas nos meus posts sobre Berlim e Alemanha que você encontra por aqui.

Vale a pena comprar antecipadamente:


Que tal conhecer Berlim com a gente?

Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


Não nos perca de vista! 

Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! :)


Compartilhe o nosso trabalho:

Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... :)

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.