03 museus para visitar na primeira vez em Berlim

É um desafio escrever esse post, porque há centenas de museus em Berlim… mas escolhi aqui os museus que abordam os episódios mais marcantes da história da cidade – basicamente o século XX todo.

Este post faz parte da blogagem coletiva da #MuseumWeek em que vários blogueiros da RBBV estão participando ativamente no Twitter e fechando com chave de ouro com um post com seu museu preferido. No final do post você encontra os links para todos os blogueiros da RBBV que estão participando da brincadeira. 😉

Como eu sei que nem sempre dá pra saber quais museus realmente valem a visita, principalmente quando se está indo pela primeira vez à cidade e a tentação de ficar passeando pelas ruas é grande, resolvi juntar aqui os meus três museus em Berlim preferidos para visitar naquela primeira vez na cidade.

Esses museus vão ajudar você a entender a história que se passou em Berlim e aprofundar a sua experiência na cidade. Os temas passam pela cultura judaica e holocausto, estrutura do terror nazista e vida e cotidiano durante o comunismo da Alemanha Oriental.


Topografia do terror

Muro na Topografia do Terror ©Agenda Berlim

O museu da Topografia do Terror é bem especial: ele é localizado no terreno da antiga sede das polícias nazistas e por onde coincidentemente o Muro de Berlim veio a passar a partir de 61.

Veja aqui outros locais onde você pode ver o Muro de Berlim

Com exceção dos meses de inverno, há uma exposição ao longo do muro, na parte de baixo. Ali estão as ruínas dos porões da antiga SS e Gestapo, restos encontrados no terreno que abrigava as duas polícias nazistas.

As exposições ao ar livre são temporárias: já teve sobre o importante ano de 1933, em que Hitler assumiu o poder e levou à Alemanha a uma ditadura; teve também uma que falava sobre toda a história política alemã do século XX (da República de Weimar à queda do Muro de Berlim); e recentemente teve uma bem interessante sobre o movimento de resistência judaica e a destruição de Varsóvia.

O ponto aqui é que, mesmo que você já tenha ido à Topografia, vale a pena verificar se a exposição ao ar livre foi modificada e ir conferir, são sempre bastante esclarecedoras. Vocês podem checar as exibições no site da Topografia do Terror.

Dentro do museu da Topografia a exposição é voltada ao tema nazismo. São expostos os crimes e atrocidades cometidos pelas polícias nazistas.

Topografia do Terror ©Agenda Berlim

Lá dá pra ver como era a estrutura da SS, quem eram os líderes do partido, quem fez parte do grupo-alvo de perseguidos (não foram só judeus; ciganos, homossexuais e pessoas com deficiência também eram alvo da eugenia nazista).

Dá pra ter noção de como eram feitas as propagandas, verdadeiras armas utilizadas pelo partido para gerar histeria coletiva e passar por cima de direitos essenciais.

A Topografia do Terror ajudará você a entender a máquina de poder e de terror nazista.

Horário de funcionamento:
Todos os dias das 10h às 20h (exceto nos dias 24 e 31.12 e 01.01)
Endereço:
Niederkirchnerstr. 8, 10963 Kreuzberg
Você chega com o U2 ou S1/S2 até a Potsdamer Platz; ou ônibus M29 parada Wihelmstr/Kochstr ; ou ônibus M41 parada Abgeordnetenhaus
Veja como calcular sua rota no site da BVG aqui.

 –  


Museu Judaico (Jüdisches Museum)

O museu judaico também é bastante especial; a começar pelo prédio em si. Ele é composto de um prédio antigo e um prédio novo projetado pelo arquiteto judeu Daniel Libeskind e tem como objetivo a experiência através da estrutura.

Você vai sentir o espaço sussurrando história em seus ouvidos e te proporcionando sensações diferentes em cada sala.

A sala mais impressionante é a “memory void”, escura, fria, alta, vazia, fechada e ao mesmo tempo aberta (por cima), onde você invariavelmente sentirá medo.

Uma instalação de arte, “Shalekhet” (folhas caídas), do artista Menashe Kadish encheu a sala com mais de 10 mil rostos de ferro, todos posicionados no chão. O que ajudou a compor a sensação de vazio da sala.

Além de abordar a história do holocausto com todo seu terror e sofrimento, como não poderia deixar de fazer, o que me surpreendeu positivamente é que o museu judaico também apresenta de forma bem extensa a cultura judaica.

A exposição permanente apresenta 200 anos de história judaico-alemã; através dela é possível conhecer um pouco dos costumes judaicos, da religião e do cotidiano, bem como da história dessa minoria aqui na Alemanha.

O museu judaico é grande, mas bastante interativo. Dá para levar crianças numa boa.

Preço: €8 / €3 reduzido, crianças até 6 anos de graça; €14 família (2 adultos + 4 crianças)
Por perto:
Bairro de Kreuzberg
Potsdamer Platz
Sites:
Info Jüdisches Museum
Mapa do museu
Horário de funcionamento:
Das 10h às 20h (Seg até 22h), exceto feriados – conferir no site deles.
Endereço:
Lindenstr. 9-14, 10969 Kreuzberg
Você chega com o U1 ou U6 até a Hallesches Tor ou U6 até Kochstr.
Veja como calcular sua rota no site da BVG aqui.
 – 

Museu da DDR (DDR Museum)

O museu da DDR narra de forma muito criativa o cotidiano da Alemanha Oriental (República *Democrática* Alemã, em alemão, DDR)

O museu, pequeno em tamanho, traz todos os aspectos da vida na antiga DDR. Ele tem como tema “história para tocar” e realmente permite que se toque em tudo. É bem dentro do conceito de interatividade e eu me lembro de ter ficado até meio espantada na primeira vez que fui, acho que por ter sido uma criança de braços cruzados para trás nos museus por onde passei (rs).

Aqui dá pra ver o que o museu oferece:

O que eu acho mais interessante no museu da DDR é o apartamento típico da Alemanha Oriental. Eles tem realmente um apartamento dentro do museu, com sala, banheiro, cozinha… e você pode entrar, deitar, trocar o canal da TV, mexer no telefone, nos aparelhos da cozinha, etc.

Apartamento típico DDR Museum ©Agenda Berlim

O cotidiano da Alemanha Oriental, que viveu 4 décadas de comunismo, não é tão conhecido por nós. Nós normalmente estigmatizamos a DDR como pobre e atrasada, mas desconhecemos o dia-a-dia do país. E o museu da DDR traz essas informações de forma curiosa e prática.

Qual era o tamanho de um apartamento na Berlim oriental? Quanto cada profissional ganhava em média? Para onde eles viajavam de férias? O que eles vestiam?

O carro que eles dirigiam era o Trabant, ou “Trabi”, e lá é possível entrar e dirigir um deles. Claro, sem sair do lugar – por meio de uma simulação.

Mesmo com toda essa descontração, o museu da DDR não podia deixar de falar sobre a Stasi, polícia secreta da Alemanha Oriental, e a sua influência na vida das pessoas. Essa parte é um pouco sombria e por isso fica no fundo do museu.

Pacelli escreveu aqui um post bem completo sobre a Stasi e suas técnicas de tortura.

Mas como eles não podiam sair do seu conceito colocaram por lá um gabinete típico de um funcionário da Stasi – onde pode fingir ser um agente secreto comunista.

Como é possível mexer em tudo por lá, é uma ótima programação para levar crianças.

Preço: €7 / €4 reduzido
Por perto:
Ilha dos Museus
Catedral de Berlim
Torre de TV
Igreja Marienkirche
Site:
DDR Museum
Horário de funcionamento:
Todos os dias das 10h às 20h (Sáb até 22h)
Endereço:
Karl-Liebknecht-Str. 1, 10178 Mitte
Você chega com U6 até a Friedrichstr. ou ônibus 100 ou 200 até Lustgarten.
Veja aqui como passear pela cidade com o ônibus 100


Veja aqui os blogs da RBBV e seus museus preferidos

Continente americano
O que vi do Mundo – Museu do Futebol
Quebrei a Bússola – Museo del Holocausto
E aí, Férias – American Museum of Natural History
Trilhas e Cantos – Museu Chileno de Arte Pre Colombino
Malas e Panelas – Vizcaya Museum and Gardens
Embarque Portão 5 – Museo de Las Casas Reales
Viagens que Sonhamos – Field Museum
O Melhor Mês do Ano – Tumbas Reales de Sipan
Sonhando em Viajar! – Museu Nacional da História Natural da Quinta da Boa Vista
Blog Meu Destino – Inhotim
Do RS para o Mundo – Museu Histórico de Veranópolis
Me Deixa Ser Turista – Pinacoteca, Estação Pinacoteca, Dops e Museu da Língua Portuguesa
Pequeno Grande Mundo – Museu de Ciências Naturais do Bosque da Ciência – INPA
Rascunhos de Fotografia – Museu do Ceará, MAUC e Museu do Humor
Colencionando Imãs, Museu de arte de Brasília
Marola com Carambola, Memorial da Resistência de São Paulo

Diversos:

Ideias na Mala – Angkor National Museum
Viagens Invisíveis – 5 Museus Palácios no Marrocos
Viajoteca – Te Papa de Wellington e Vizcaya Museum & Gardens
Viagem com a Thathá – Auckland Museum
Continente europeu
No Mundo da Paula – Museu Tate Modern
Aprendiz de Viajante – 5 museus não tão conhecidos para visitar em Londres
Segredos de Londres – National Gallery
Tá indo pra onde? – Deutsches Historiches Museum
Brasileiros Mundo Afora – Deutsches Technik Museum
Ziga da Zuca – Museu Judaico
Estrangeira – Museu Picasso
Passeios na Toscana – Museu Cappella Brancacci
Descobrindo a Alemanha – EL-DE-Haus – Centro de documentacao do Nazismo
Esto es Madrid, Madrid – Reina Sofía
Meu Mundo Por Aí – Museo Del Prado
Mil e Uma Viagens – Mauritshuis
O Guia de Milão – Casa Museu Boschi di Stefano
No Mundo com a Gente – Museu Casa de Rembrandt
Comendo Chucrute e Salsicha – Museu de Belas Artes de Sevilha
Turismo em Roma – Museu da Emigração Italiana
Uma Brasileira na Grécia – 5 museus para se visitar em Atenas
A Fragata Surprise – Museu da Acrópole
Da Porta pra Fora – Museu de arte contemporânea de Praga
Direto de Paris – Hôtel de Soubise – o palacete que virou arquivo e museu

Quem sou eu: Nicole

Desde os 3 anos fiz da leitura a minha melhor aliada. Mas diferente de Pacelli, de vez em quando preciso dar uma pausa nos livros de filosofia, história e política e partir para ler um romance. Por gostar de escrever de forma didática, sou responsável pela maior parte dos posts práticos aqui do blog.


Vale a pena comprar antecipadamente:


Que tal conhecer Berlim com a gente?

Nós saímos do Brasil e viemos para Berlim para iniciar uma atividade que nos traz muita felicidade: apresentar a vocês a cidade pela qual somos apaixonados.

Guia em Berlim, Passeio guiado em Berlim

Então se você está com viagem marcada para a capital alemã, entra em contato com a gente que será um prazer te acompanhar pela cidade mais interessante do mundo!


Não nos perca de vista! 

Pra receber em seu e-mail as novidades de Berlim e nossos posts completos é só assinar a nossa Newsletter.

Segue a gente no Facebook e no Instagram também!


Você quer organizar a sua viagem e ainda contribuir com o blog?

Você curte o nosso trabalho, pegou dicas legais aqui e gostaria de contribuir de alguma forma?

Nós fazemos parte de alguns programas de afiliados de empresas que conhecemos e confiamos. Se você usar algum de nossos links afiliados, nós ganhamos uma pequena comissão sem que você pague nada a mais por isso.

Não é massa?! Então abre e salva aí os nossos links no navegador de vocês:

Você pode usar esses links a qualquer momento e para qualquer tipo de serviço em qualquer lugar. Lembre-se apenas de salvá-los com o nosso número de afiliado ou de voltar aqui sempre que quiser usar algum deles.

A gente agradece de coração e interpreta como um sinal para continuar o trabalho por aqui! :)


Compartilhe o nosso trabalho:

Falar do nosso trabalho, comentar e compartilhar com os amigos é uma ótima maneira de nos ajudar a crescer!

Então vai lá, fala da gente pra alguém hoje... :)

11
28

28 Comments

  1. Claudia Bömmels 29/03/2015 Reply

    Adorei o post… ainda não visitei o Jüdisches Museum, lindo! Abcs de Berlim também, Claudia

    • Author
      Nicole 29/03/2015 Reply

      E eu não visitei o Deutsches Technik Museum!! haha Louca pra ir também 😉
      Beijos, Claudinha!!

  2. Liliane Inglez 29/03/2015 Reply

    Muito interessante! Adoro a história do século XX e estes museus parecem proporcionar um mergulho neste período durante e pós-guerra! Post para guardar quando for visitar Berlim! Parabéns! Bjs

    • Author
      Nicole 29/03/2015 Reply

      AAh que legal, Liliane! Fico feliz em ser útil aos futuros visitantes da *minha* cidade! 😉
      Beijos e obrigada por passar aqui!

  3. Maíra Corrêa 29/03/2015 Reply

    Aaaaahhh!!! Ajuda horrores!! =c) Passei a noite e o dia pesquisando e tentando fazer o roteiro, e ainda estou com dúvidas, mas acho q vou chegar em algo factível! Muito obrigada! Ah(2)! O q acham do Berlin Welcome Card? Vamos chegar numa quarta de tarde e ficamos até a segunda de tarde, pensei no de 5 dias ABC… Sai uns 10 euros mais caro q o passe semana de transportes, talvez compense pq vamos um dia pra Postdam, certo?! Abs! (vou atrás do perfume q não tive a sorte de ganhar…hehe)

    • Author
      Nicole 30/03/2015 Reply

      Olá Maíra! Bom saber!! 😀
      Se você não for ficar garimpando descontos, pode não valer a pena… mas depende de cada caso. O passe semanal você também pode comprar ABC (custa 30 euros) 🙂
      Abraços!

  4. Andrea Barros 30/03/2015 Reply

    Muito legal o post! Este último museu deve ser bem interessante mesmo!

    • Author
      Nicole 30/03/2015 Reply

      É bastante, Andrea… bem curioso ;D
      Obrigada por passsar aqui!

  5. Martinha 30/03/2015 Reply

    Nem tenho o que comentar Ni.. o post ficou lindo e tudo o que eu falar de Berlim vai ficar muito piegas (haha!). Mas gente, se você ainda não conhecem esses 3 museus, estão esperando o que?!

    • Author
      Nicole 30/03/2015 Reply

      hahaha obrigada, linda!
      E Berlim também te ama, certeza! <3

  6. Eloah Cristina 30/03/2015 Reply

    Chateada que o meu link não foi colocado da blogagem coletiva! 🙁

    • Author
      Nicole 30/03/2015 Reply

      Já adicionei, Eloah 😉

  7. Adriana Ramos 30/03/2015 Reply

    Muita vontade de conhecer a Alemanha e todos estes museus. É muita História!

    • Author
      Nicole 30/03/2015 Reply

      Então trata de comprar a passagem!! 😀 😀
      E não esquece de avisar! rs

  8. Renata 31/03/2015 Reply

    Muito legal! Berlim possui tantos museus, que é difícil escolher, esse post ajudou bastante! Pesquisando, achei esse aqui também:Gesundbrunnen Bunker. Vcs já foram?

    • Author
      Nicole 31/03/2015 Reply

      Oi Renata, a visita ao Gesundbrunnen Bunker é feita com um tour guiado (do Berliner Unterwelten) por lá e tem várias rotas. Acho legal, mas não considero imperdível 😉

  9. Soraia 17/08/2015 Reply

    Meus planos incluíam somente visita ao Topografia do Terror, mas agora quero ir aos três! 🙂 Primeira vez em Berlim, idem na Europa… Animadíssima esperando Setembro com ansiedade!

    • Author
      Nicole 19/08/2015 Reply

      hahaha Maravilha, Soraia! Aproveita que Berlim é maravilhosa 😀

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*